Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'



18/10/2019 | 17:29


O Flamengo tem condições físicas para suportar com sucesso a série de jogos decisivos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores. A previsão foi feita por Rodrigo Caio, em entrevista coletiva nesta sexta-feira. O zagueiro afirmou que o elenco rubro-negro é forte e a decisão de poupar ou não jogadores é de responsabilidade do técnico Jorge Jesus, mas o atleta lamentou o fato de que a equipe acaba sendo vítima de um calendário que está longe de ser o ideal.

"Ele (treinador) vem fazendo isso. No último jogo entraram eu, Gabriel, João Lucas e Reinier. Quem entra dá conta do recado. Temos um elenco forte. Essa questão de poupar ou não é do treinador. O calendário é muito difícil para os atletas. O debate deveria ser esse", disse o defensor.

E Rodrigo Caio afirmou reunir totais condições de atuar no clássico com o Fluminense, neste domingo, às 18 horas, no Maracanã, pelo Brasileirão, apesar de ter viajado com a seleção brasileira até Cingapura recentemente e depois atuado contra o Fortaleza, na última quarta-feira, no Ceará, pela rodada passada da competição nacional.

"Estou 100%. Tive uma viagem muito longa com a seleção, não joguei, mas treinei forte. Foi um fisioterapeuta do Flamengo e nos recuperamos muito bem. O sono ainda está um pouco pendente, mas estamos fisicamente muito bem", afirmou.

E Rodrigo Caio exibiu motivação para atuar no clássico de domingo, embora inegavelmente a cabeça dele e toda a equipe já esteja no duelo decisivo com o Grêmio, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pela semifinal da Libertadores.

"Jogar um Fla-Flu é sempre diferente. Foram cinco jogos este ano contra o Fluminense e sempre tivemos dificuldades. Uma equipe que tinha uma variedade muito grande com o Diniz. Acredito que será um jogo do mesmo estilo. Que a gente faça o que vem fazendo com inteligência", disse o zagueiro, que não adiantou se Jorge Jesus poupará algum jogador no clássico.

"O Jorge (Jesus) tem o grupo na mão. Tem jogadores que pedem para jogar. Eu sou um desses, quero sempre jogar. Mas é claro que terá um momento que vou avisar quando precisar de um descanso. O Flamengo tem profissionais preparados para deixar todos prontos para jogar", enfatizou.

Como é impossível não pensar no Grêmio, Rodrigo Caio foi perguntado sobre a sua expectativa para o embate contra a equipe gaúcha. E ele preferiu falar sobre o Fla-Flu: "Temos um grupo muito experiente, com mentalidade forte, encaramos o dia a dia. O próximo jogo é contra o Fluminense, esse é o jogo mais importante agora. Nosso jogo é esse. Ano difícil, muitos jogos importantes e não podemos pensar daqui a dois jogos".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rodrigo Caio exalta força do elenco do Flamengo, mas lamenta calendário 'difícil'


18/10/2019 | 17:29


O Flamengo tem condições físicas para suportar com sucesso a série de jogos decisivos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores. A previsão foi feita por Rodrigo Caio, em entrevista coletiva nesta sexta-feira. O zagueiro afirmou que o elenco rubro-negro é forte e a decisão de poupar ou não jogadores é de responsabilidade do técnico Jorge Jesus, mas o atleta lamentou o fato de que a equipe acaba sendo vítima de um calendário que está longe de ser o ideal.

"Ele (treinador) vem fazendo isso. No último jogo entraram eu, Gabriel, João Lucas e Reinier. Quem entra dá conta do recado. Temos um elenco forte. Essa questão de poupar ou não é do treinador. O calendário é muito difícil para os atletas. O debate deveria ser esse", disse o defensor.

E Rodrigo Caio afirmou reunir totais condições de atuar no clássico com o Fluminense, neste domingo, às 18 horas, no Maracanã, pelo Brasileirão, apesar de ter viajado com a seleção brasileira até Cingapura recentemente e depois atuado contra o Fortaleza, na última quarta-feira, no Ceará, pela rodada passada da competição nacional.

"Estou 100%. Tive uma viagem muito longa com a seleção, não joguei, mas treinei forte. Foi um fisioterapeuta do Flamengo e nos recuperamos muito bem. O sono ainda está um pouco pendente, mas estamos fisicamente muito bem", afirmou.

E Rodrigo Caio exibiu motivação para atuar no clássico de domingo, embora inegavelmente a cabeça dele e toda a equipe já esteja no duelo decisivo com o Grêmio, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, pela semifinal da Libertadores.

"Jogar um Fla-Flu é sempre diferente. Foram cinco jogos este ano contra o Fluminense e sempre tivemos dificuldades. Uma equipe que tinha uma variedade muito grande com o Diniz. Acredito que será um jogo do mesmo estilo. Que a gente faça o que vem fazendo com inteligência", disse o zagueiro, que não adiantou se Jorge Jesus poupará algum jogador no clássico.

"O Jorge (Jesus) tem o grupo na mão. Tem jogadores que pedem para jogar. Eu sou um desses, quero sempre jogar. Mas é claro que terá um momento que vou avisar quando precisar de um descanso. O Flamengo tem profissionais preparados para deixar todos prontos para jogar", enfatizou.

Como é impossível não pensar no Grêmio, Rodrigo Caio foi perguntado sobre a sua expectativa para o embate contra a equipe gaúcha. E ele preferiu falar sobre o Fla-Flu: "Temos um grupo muito experiente, com mentalidade forte, encaramos o dia a dia. O próximo jogo é contra o Fluminense, esse é o jogo mais importante agora. Nosso jogo é esse. Ano difícil, muitos jogos importantes e não podemos pensar daqui a dois jogos".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;