Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Britânico caminha pelo Saara petecando bola de futebol

John Farnworth andou 5,82 quilômetros pelo deserto


Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

20/10/2019 | 07:00


John Farnworth é um atleta freestyle de futebol, ou seja, realiza diversos truques com a bola sem participar de partidas. Seu controle da redonda marca sua carreira profissional e o mais recente desafio realizado foi o de bater o recorde de caminhar pelo Deserto do Saara, no Marrocos, ‘petecando’ uma bola de futebol. Ele percorreu distância de 5,82 quilômetros sem deixar o item cair.

Segundo o rapaz, de 33 anos, a imensidão do cenário lhe chamava a atenção e as variações dos ventos durante a viagem apareceram como principais barreiras a serem vencidas. Farnworth aproveitou o recorde para atrair doações para um hospital infantil do Reino Unido. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Britânico caminha pelo Saara petecando bola de futebol

John Farnworth andou 5,82 quilômetros pelo deserto

Luís Felipe Soares
Diário do Grande ABC

20/10/2019 | 07:00


John Farnworth é um atleta freestyle de futebol, ou seja, realiza diversos truques com a bola sem participar de partidas. Seu controle da redonda marca sua carreira profissional e o mais recente desafio realizado foi o de bater o recorde de caminhar pelo Deserto do Saara, no Marrocos, ‘petecando’ uma bola de futebol. Ele percorreu distância de 5,82 quilômetros sem deixar o item cair.

Segundo o rapaz, de 33 anos, a imensidão do cenário lhe chamava a atenção e as variações dos ventos durante a viagem apareceram como principais barreiras a serem vencidas. Farnworth aproveitou o recorde para atrair doações para um hospital infantil do Reino Unido. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;