Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MEC vai liberar R$ 43 milhões para obras em 96 instituições federais



16/10/2019 | 20:54


O Ministério da Educação (MEC) vai liberar R$ 43 milhões para investimento em 96 construções em andamento em instituições federais de ensino. O recurso será liberado a partir desta quinta-feira, 17.

Do total, R$ 14,3 milhões vão para concluir 54 obras com execução em 75% ou mais. O restante vai para outras 42 intervenções já iniciadas, mas com porcentual menor de andamento.

"O objetivo é potencializar as obras que beneficiem os estudantes e sejam fontes potenciais de recursos", explicou o secretário de Educação Superior, Arnaldo Lima.

As principais obras incluem o Complexo de Saúde da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, o Núcleo Integrado de Pesquisas e Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto de Ciências Básicas da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

No fim de setembro, o ministério anunciou o descontingenciamento de R$ 1,99 bilhão, dos quais R$ 1,156 bilhão vai para as universidades federais. Isso corresponde a metade do que havia sido contingenciado no orçamento deste ano para as unidades.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MEC vai liberar R$ 43 milhões para obras em 96 instituições federais


16/10/2019 | 20:54


O Ministério da Educação (MEC) vai liberar R$ 43 milhões para investimento em 96 construções em andamento em instituições federais de ensino. O recurso será liberado a partir desta quinta-feira, 17.

Do total, R$ 14,3 milhões vão para concluir 54 obras com execução em 75% ou mais. O restante vai para outras 42 intervenções já iniciadas, mas com porcentual menor de andamento.

"O objetivo é potencializar as obras que beneficiem os estudantes e sejam fontes potenciais de recursos", explicou o secretário de Educação Superior, Arnaldo Lima.

As principais obras incluem o Complexo de Saúde da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, o Núcleo Integrado de Pesquisas e Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto de Ciências Básicas da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

No fim de setembro, o ministério anunciou o descontingenciamento de R$ 1,99 bilhão, dos quais R$ 1,156 bilhão vai para as universidades federais. Isso corresponde a metade do que havia sido contingenciado no orçamento deste ano para as unidades.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;