Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bom Prato tem cardápio especial no Dia Mundial da Alimentação

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Menu saudável muda rotina de frequentadores em São Bernardo e ajuda na conscientização


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

17/10/2019 | 07:00


No Dia Mundial da Alimentação Saudável, celebrado ontem, o Bom Prato ofereceu cardápio especial elaborado pela chef Morena Leite, do restaurante Capim Santo, na Capital. Além de mudar a rotina dos frequentadores, a ocasião foi importante para conscientizar as pessoas em relação à comida saudável.

“Pudemos mostrar a importância de consumir alimentos mais saudáveis e que também agradam ao paladar”, afirmou a técnica de nutrição da unidade de São Bernardo Luciana Brant. “Esta ação é importante porque leva receitas novas ao prato, melhorando o serviço”, completou o cozinheiro Messias Pereira da Silva.

O cardápio incluiu salada de repolho com vinagrete de tomate, carne seca acebolada com abóbora, feijão com beterraba, pirão de leite e, para sobremesa, cuscuz de tapioca.

A opção foi aprovada pela dona de casa são-bernardense Raimunda Perez, 45 anos. Diariamente, ela, o marido e a filha comparecem no café da manhã, almoço e jantar. “Somos minimalistas e vir aqui, além de a comida ser maravilhosa, é uma chance de economizar”, disse. O desjejum é servido a R$ 0,50 e as demais refeições custam R$ 1 cada.

O mesmo ocorre com o aposentado Orlando Lapolla, 86, morador de São Bernardo e que frequenta o local nos três horários diariamente desde a inauguração da unidade, há dez meses. “A comida é muito boa e as mudanças (no cardápio) são ótimas. Já não cozinho mais em casa, porque aqui é muito melhor”, contou.

Todos os dias no jantar, Natalina Aparecida Forte, 61, aposentada, sai do bairro São Mateus, na Capital, e vai até o Bom Prato são-bernardense, no Centro da cidade. “É tudo muito gostoso e, com a aposentadoria minguada que recebo, acabo economizando ao comer aqui”, esclarece.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bom Prato tem cardápio especial no Dia Mundial da Alimentação

Menu saudável muda rotina de frequentadores em São Bernardo e ajuda na conscientização

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

17/10/2019 | 07:00


No Dia Mundial da Alimentação Saudável, celebrado ontem, o Bom Prato ofereceu cardápio especial elaborado pela chef Morena Leite, do restaurante Capim Santo, na Capital. Além de mudar a rotina dos frequentadores, a ocasião foi importante para conscientizar as pessoas em relação à comida saudável.

“Pudemos mostrar a importância de consumir alimentos mais saudáveis e que também agradam ao paladar”, afirmou a técnica de nutrição da unidade de São Bernardo Luciana Brant. “Esta ação é importante porque leva receitas novas ao prato, melhorando o serviço”, completou o cozinheiro Messias Pereira da Silva.

O cardápio incluiu salada de repolho com vinagrete de tomate, carne seca acebolada com abóbora, feijão com beterraba, pirão de leite e, para sobremesa, cuscuz de tapioca.

A opção foi aprovada pela dona de casa são-bernardense Raimunda Perez, 45 anos. Diariamente, ela, o marido e a filha comparecem no café da manhã, almoço e jantar. “Somos minimalistas e vir aqui, além de a comida ser maravilhosa, é uma chance de economizar”, disse. O desjejum é servido a R$ 0,50 e as demais refeições custam R$ 1 cada.

O mesmo ocorre com o aposentado Orlando Lapolla, 86, morador de São Bernardo e que frequenta o local nos três horários diariamente desde a inauguração da unidade, há dez meses. “A comida é muito boa e as mudanças (no cardápio) são ótimas. Já não cozinho mais em casa, porque aqui é muito melhor”, contou.

Todos os dias no jantar, Natalina Aparecida Forte, 61, aposentada, sai do bairro São Mateus, na Capital, e vai até o Bom Prato são-bernardense, no Centro da cidade. “É tudo muito gostoso e, com a aposentadoria minguada que recebo, acabo economizando ao comer aqui”, esclarece.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;