Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Mariana Goldfarb, esposa de Cauã Reymond, fala sobre redes sociais: - Não existe perfeição, não é real



16/10/2019 | 08:10


Mariana Goldfarb, modelo, apresentadora e esposa de Cauã Reymond, foi à São Paulo Fashion Week na terça-feira, dia 15, e conversou com jornalistas entre um clique com amigos e fãs e outro.

Ela, que estava com um vestido igual ao de outra participante do evento, relembrou que era muito criticada quando começou a namorar o galã - mas contou como se sente agora, que criou uma base de seguidores - em sua maioria, mulheres - com quem fala sobre autoaceitação e quebra de padrões.

- Sim, [era muito criticada. Agora] me sinto apoiada. Muita gente quer falar essas coisas, e às vezes não tem tanta voz. Eu, com meus poucos seguidores, tenho essa voz, mas acho que todo mundo tem esse dever. Isso alimenta coisas boas, e as pessoas saem daquela coisa engessada, de que existe uma coisa perfeita. Não existe! Isso não é real! Nenhuma vida é melhor do que a outra, digamos assim.

Mariana, que já contou ter tido anorexia, deu uma dica para quem está lutando para se aceitar e quebrar padrões impostos pela sociedade:

- Acho que o autoconhecimento tira a gente desse lugar. Porque a gente começa a se dar valor, e entender que é isso, ninguém é igual, tem gente de todo tipo. O que faz a gente diferente é nossa personalidade, nossa individualidade. Então, seja você! Use o que você quer usar... Eu era uma adolescente que gostava de usar bandana roxa e sombra verde, essa sou eu, você pode usar outra coisa... Colocar a essência pra fora.

Ela contou ainda o que não gosta no mundo da moda:

- Preconceito, padrão, essa estética muito escravizada, acho isso caído, mas isso está mudando. Acho legal a gente transparecer o que a nossa essência é, e isso é diferente para cada um.

O que não pode faltar no armário dela?

- Calça jeans e camiseta branca.

Goldfarb ainda revelou se dá palpite nos looks do maridão:

- A gente se dá palpite muito, é um casal normal.

E, quando perguntada sobre a vida de casada, foi mais sucinta:

- Tá ótima, tudo bem, graças a Deus!



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mariana Goldfarb, esposa de Cauã Reymond, fala sobre redes sociais: - Não existe perfeição, não é real


16/10/2019 | 08:10


Mariana Goldfarb, modelo, apresentadora e esposa de Cauã Reymond, foi à São Paulo Fashion Week na terça-feira, dia 15, e conversou com jornalistas entre um clique com amigos e fãs e outro.

Ela, que estava com um vestido igual ao de outra participante do evento, relembrou que era muito criticada quando começou a namorar o galã - mas contou como se sente agora, que criou uma base de seguidores - em sua maioria, mulheres - com quem fala sobre autoaceitação e quebra de padrões.

- Sim, [era muito criticada. Agora] me sinto apoiada. Muita gente quer falar essas coisas, e às vezes não tem tanta voz. Eu, com meus poucos seguidores, tenho essa voz, mas acho que todo mundo tem esse dever. Isso alimenta coisas boas, e as pessoas saem daquela coisa engessada, de que existe uma coisa perfeita. Não existe! Isso não é real! Nenhuma vida é melhor do que a outra, digamos assim.

Mariana, que já contou ter tido anorexia, deu uma dica para quem está lutando para se aceitar e quebrar padrões impostos pela sociedade:

- Acho que o autoconhecimento tira a gente desse lugar. Porque a gente começa a se dar valor, e entender que é isso, ninguém é igual, tem gente de todo tipo. O que faz a gente diferente é nossa personalidade, nossa individualidade. Então, seja você! Use o que você quer usar... Eu era uma adolescente que gostava de usar bandana roxa e sombra verde, essa sou eu, você pode usar outra coisa... Colocar a essência pra fora.

Ela contou ainda o que não gosta no mundo da moda:

- Preconceito, padrão, essa estética muito escravizada, acho isso caído, mas isso está mudando. Acho legal a gente transparecer o que a nossa essência é, e isso é diferente para cada um.

O que não pode faltar no armário dela?

- Calça jeans e camiseta branca.

Goldfarb ainda revelou se dá palpite nos looks do maridão:

- A gente se dá palpite muito, é um casal normal.

E, quando perguntada sobre a vida de casada, foi mais sucinta:

- Tá ótima, tudo bem, graças a Deus!

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;