Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André e São Caetano medem forças em Suzano

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Clássico do Grande ABC que define futuro do Ramalhão será disputado em palco inédito


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/10/2019 | 07:00


Maior clássico do Grande ABC, Santo André e São Caetano vão jogar em palco inédito hoje, às 15h, pela Copa Paulista. Sem o Bruno Daniel, que passa por reformas para a Série A-1 do Estadual de 2020, a diretoria do Ramalhão teve de recorrer ao Estádio Francisco Marques Figueira, em Suzano, distante 40 quilômetros da cidade, para mandar o jogo que vai definir a situação do time andreense na competição.
Com três pontos, o Santo André precisa vencer para continuar sonhando com a classificação para a semifinal, na qual o São Caetano, com dez, já está assegurado. Além de derrubar o rival, o Ramalhão ainda tem de torcer para o Mirassol não vencer a Ferroviária, em jogo que acontece às 20h.

Não bastasse o clima de decisão, a partida será revanche do duelo do primeiro turno, quando o São Caetano goleou por 4 a 0 no Anacleto Campanella e impôs a maior goleada da história do clássico. Além dessa partida, foram mais dois jogos entre os rivais nesta edição da Copa Paulista, com uma vitória para cada lado.

“Estamos engasgados com o último clássico. Foi uma derrota que causou mal-estar dentro do clube e a gente quer porque quer a vitória. Além de ser um rival, temos chances reais de classificação e vamos correr atrás”, comentou o volante andreense Jhonson, revelado no clube. “Estamos muito motivados, vindo de um ótimo resultado contra o Mirassol (vitória por 2 a 0) e recuperamos a confiança que tínhamos perdido”, completou.

Do outro lado, o atacante Marlon também mostra confiança. Cria da base do São Paulo, o jogador chegou ao São Caetano em 2017 e é uma das esperanças de gols para o ataque. “Estou muito feliz de estar em campo. Treino todos os dias para aproveitar as oportunidades. Graças a Deus pude marcar um gol contra o Santo André (na goleada por 4 a 0) e espero poder sempre ajudar nos próximos jogos”, comentou. “ Estamos muito focados, sabemos que nossa chave é muito forte. Importante também é conquistar a liderança (do grupo) para podermos decidir depois em nossa casa”, lembrou Marlon, que tem a missão de substituir Gleyson, artilheiro da Copa Paulista, com dez gols, e que está afastado por contusão. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André e São Caetano medem forças em Suzano

Clássico do Grande ABC que define futuro do Ramalhão será disputado em palco inédito

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/10/2019 | 07:00


Maior clássico do Grande ABC, Santo André e São Caetano vão jogar em palco inédito hoje, às 15h, pela Copa Paulista. Sem o Bruno Daniel, que passa por reformas para a Série A-1 do Estadual de 2020, a diretoria do Ramalhão teve de recorrer ao Estádio Francisco Marques Figueira, em Suzano, distante 40 quilômetros da cidade, para mandar o jogo que vai definir a situação do time andreense na competição.
Com três pontos, o Santo André precisa vencer para continuar sonhando com a classificação para a semifinal, na qual o São Caetano, com dez, já está assegurado. Além de derrubar o rival, o Ramalhão ainda tem de torcer para o Mirassol não vencer a Ferroviária, em jogo que acontece às 20h.

Não bastasse o clima de decisão, a partida será revanche do duelo do primeiro turno, quando o São Caetano goleou por 4 a 0 no Anacleto Campanella e impôs a maior goleada da história do clássico. Além dessa partida, foram mais dois jogos entre os rivais nesta edição da Copa Paulista, com uma vitória para cada lado.

“Estamos engasgados com o último clássico. Foi uma derrota que causou mal-estar dentro do clube e a gente quer porque quer a vitória. Além de ser um rival, temos chances reais de classificação e vamos correr atrás”, comentou o volante andreense Jhonson, revelado no clube. “Estamos muito motivados, vindo de um ótimo resultado contra o Mirassol (vitória por 2 a 0) e recuperamos a confiança que tínhamos perdido”, completou.

Do outro lado, o atacante Marlon também mostra confiança. Cria da base do São Paulo, o jogador chegou ao São Caetano em 2017 e é uma das esperanças de gols para o ataque. “Estou muito feliz de estar em campo. Treino todos os dias para aproveitar as oportunidades. Graças a Deus pude marcar um gol contra o Santo André (na goleada por 4 a 0) e espero poder sempre ajudar nos próximos jogos”, comentou. “ Estamos muito focados, sabemos que nossa chave é muito forte. Importante também é conquistar a liderança (do grupo) para podermos decidir depois em nossa casa”, lembrou Marlon, que tem a missão de substituir Gleyson, artilheiro da Copa Paulista, com dez gols, e que está afastado por contusão. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;