Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradores reclamam da falta de médicos em UBS de Diadema

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo munícipes, UBS Maria Tereza está sem três médicos; medicamentos também estão em falta


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

15/10/2019 | 18:14


 Moradores do bairro Campanário, em Diadema, reclamam sobre a falta de médicos e medicamentos da UBS (Unidade Básica de Saúde), Maria Tereza, há pelo menos um ano. Segundo os munícipes, a situação piorou nos últimos quatro meses após a saída de três médicos. Antes eram sete, atualmente, estão em apenas quatro, sendo dois generalistas, um ginecologista e um pediatra, além da equipe de enfermeiros.

O Diário esteve no local na tarde desta terça-feira (15) e ouviu relatos dos moradores sobre os atendimentos da unidade. A PM (Polícia Militar) também foi chamada, mas nenhum boletim de ocorrência foi registrado. Esta não é a primeira vez que a PM é acionada para intervir.

"As pessoas chegam aqui às 6h, 7h da manhã aguardando atendimento e não conseguem. Esperam até de tarde, quando são informadas que não vão ser atendidas ou que os médicos foram embora. Sabemos que a demanda é alta, então precisamos de mais médicos por aqui", lamenta a aposentada e moradora do local há 20 anos, Maria Aparecida Claviano Gomes, 58.

"Eu fico preocupada pois eu já estou aguardando uma consulta com ginecologista há quatro meses aqui e não consigo. Me ligam e remarcam, mas no dia, desmarcam. Além disso, pior ainda é que não temos outra opção próxima. Precisamos ir para São Bernardo", comenta a proprietária de uma loja de roupa, Maria Aparecida Januário da Cruz, 54.

As moradoras também pontuam que medicamentos estão em falta no local. "Dipirona, por exemplo, está em falta", lamenta a aposentada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradores reclamam da falta de médicos em UBS de Diadema

Segundo munícipes, UBS Maria Tereza está sem três médicos; medicamentos também estão em falta

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

15/10/2019 | 18:14


 Moradores do bairro Campanário, em Diadema, reclamam sobre a falta de médicos e medicamentos da UBS (Unidade Básica de Saúde), Maria Tereza, há pelo menos um ano. Segundo os munícipes, a situação piorou nos últimos quatro meses após a saída de três médicos. Antes eram sete, atualmente, estão em apenas quatro, sendo dois generalistas, um ginecologista e um pediatra, além da equipe de enfermeiros.

O Diário esteve no local na tarde desta terça-feira (15) e ouviu relatos dos moradores sobre os atendimentos da unidade. A PM (Polícia Militar) também foi chamada, mas nenhum boletim de ocorrência foi registrado. Esta não é a primeira vez que a PM é acionada para intervir.

"As pessoas chegam aqui às 6h, 7h da manhã aguardando atendimento e não conseguem. Esperam até de tarde, quando são informadas que não vão ser atendidas ou que os médicos foram embora. Sabemos que a demanda é alta, então precisamos de mais médicos por aqui", lamenta a aposentada e moradora do local há 20 anos, Maria Aparecida Claviano Gomes, 58.

"Eu fico preocupada pois eu já estou aguardando uma consulta com ginecologista há quatro meses aqui e não consigo. Me ligam e remarcam, mas no dia, desmarcam. Além disso, pior ainda é que não temos outra opção próxima. Precisamos ir para São Bernardo", comenta a proprietária de uma loja de roupa, Maria Aparecida Januário da Cruz, 54.

As moradoras também pontuam que medicamentos estão em falta no local. "Dipirona, por exemplo, está em falta", lamenta a aposentada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;