Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Após Alemanha, França paralisa exportação de armas à Turquia



12/10/2019 | 18:08


A França suspendeu neste sábado a exportação de qualquer armamento para a Turquia, que lançou nesta semana ofensiva contra os curdos na Síria.

Os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores da França fizeram o anúncio por meio de um comunicado neste sábado. O texto reiterou a oposição à operação militar turca, que tem enfrentado grande condenação internacional.

A declaração diz que a França pressionará, durante reunião na segunda-feira. de ministros de Relações Exteriores da União Europeia, pelo apoio de "toda a Europa" pela suspensão das vendas de armas à Turquia. A Alemanha também anunciou no sábado que está reduzindo as exportações de armamento ao regime de Ancara.

A França argumenta que a ofensiva está causando problemas humanitários crescentes, além de ameaçar a luta internacional contra o Estado Islâmico, que também está infiltrado na região. "Está, portanto, ameaçando a segurança europeia", defendeu o governo francês.

Paris quer uma reunião da coalizão contra o Estado Islâmico para discutir os próximos passos no contexto das ações turcas. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após Alemanha, França paralisa exportação de armas à Turquia


12/10/2019 | 18:08


A França suspendeu neste sábado a exportação de qualquer armamento para a Turquia, que lançou nesta semana ofensiva contra os curdos na Síria.

Os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores da França fizeram o anúncio por meio de um comunicado neste sábado. O texto reiterou a oposição à operação militar turca, que tem enfrentado grande condenação internacional.

A declaração diz que a França pressionará, durante reunião na segunda-feira. de ministros de Relações Exteriores da União Europeia, pelo apoio de "toda a Europa" pela suspensão das vendas de armas à Turquia. A Alemanha também anunciou no sábado que está reduzindo as exportações de armamento ao regime de Ancara.

A França argumenta que a ofensiva está causando problemas humanitários crescentes, além de ameaçar a luta internacional contra o Estado Islâmico, que também está infiltrado na região. "Está, portanto, ameaçando a segurança europeia", defendeu o governo francês.

Paris quer uma reunião da coalizão contra o Estado Islâmico para discutir os próximos passos no contexto das ações turcas. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;