Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Região oferece 2.556 para emprego temporário no Natal

Nário Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Lojas já iniciam contratações para o fim do ano; chance de efetivação nos postos é de 50%


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/10/2019 | 07:27


Faltando pouco mais de dois meses para o Natal, o comércio de rua e os shoppings começam as contratações temporárias por causa do aumento do número de vendas esperado para o período. Na região, devem ser criadas pelo menos 2.556 vagas, oportunidade para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho, já que, segundo especialistas, a chance de efetivação pode chegar a 50%.

Em relação aos centros de compras, o maior número de oportunidades está no Mauá Plaza Shopping, que tem 520 vagas temporárias abertas. Entre as opções, estão postos para gerentes de vendas, estoquistas, caixas, atendentes, supervisores e vendedores, entre outras.

“A nossa expectativa é a de que as contratações comecem no mês de novembro, já que as seleções costumam ocorrer neste mês. Estamos bastante otimistas e acreditamos que seja uma excelente oportunidade para quem está procurando o primeiro emprego, uma vez que muitas lojas não pedem experiência anterior”, disse o gerente geral do complexo, Rafael Comenale.

Apesar de não estimar números, os demais shoppings também dizem que as contratações irão acontecer. Em Santo André, o Shopping ABC possui três vagas disponíveis no site e diz que os lojistas já iniciaram as contratações. O Atrium Shopping, que tem duas vagas disponíveis no site, estima um aumento de 20% na disponibilização de postos temporários em relação ao ano passado – montante não informado. O Grand Plaza Shopping possui cinco oportunidades.

No São Bernardo Plaza Shopping não há estimativa de números. “Estamos com a expectativa alta, já que sempre temos um volume grande de contratações”, afirmou a gerente de marketing do empreendimento, Mariana Lobo. No Golden Square Shopping há quatro vagas no site e, no Shopping Metrópole, duas posições para vendedor.

No Shopping Praça da Moça, em Diadema, há nove chances já disponibilizadas no site, porém, o número ainda deve crescer. “As principais lojas âncoras já sinalizam um número de abertura de vagas maior do que o último ano. A expectativa é que o volume total de oportunidades seja entre 8% e 15% maior (do que 2018, cujo montante não for informado)”, disse o gerente de marketing Daniel Lima.

No ParkShopping São Caetano, as contratações temporárias são feitas diretamente nas lojas, mas o complexo disponibiliza plataforma de recrutamento e seleção para ajudar os lojistas no site, em que havia 17 vagas.

A Luandre, empresa de recrutamento com unidade em Santo André, possui atualmente média de 200 oportunidades abertas, com previsão de aumento de 30% até o Natal, ou seja, de mais 60 postos. As chances são, em sua maioria, para vendas, e possuem salários que vão de R$ 1.500 e chegam a R$ 5.000 em cargos de gerência. As oportunidades estão disponíveis no site www.luandre.com.br.

COMÉRCIO DE RUA

A expectativa da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) é de geração de 1.800 vagas entre outubro e dezembro, 8% mais do que no mesmo período do ano passado. A estimativa é positiva em relação às contratações “tanto pela conjuntura geral como pelas perspectivas de aprovação da reforma da Previdência, pagamento da segunda parcela dos 13º dos aposentados e a liberação de verbas do PIS e do FGTS, que trazem recursos para o mercado”, afirmou o vice-presidente Valter Moura Júnior, que estimou as chances de contratação definitiva em 30%.

A Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) também aposta na melhora de ofertas de emprego temporário, apesar de não dar uma estimativa. “As chances de contratação efetivas vão de 40% a 50%”, afirmou o presidente, Pedro Cia Júnior, que também destacou que, para isso acontecer, depende de como a economia deverá se comportar no início do próximo ano.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região oferece 2.556 para emprego temporário no Natal

Lojas já iniciam contratações para o fim do ano; chance de efetivação nos postos é de 50%

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/10/2019 | 07:27


Faltando pouco mais de dois meses para o Natal, o comércio de rua e os shoppings começam as contratações temporárias por causa do aumento do número de vendas esperado para o período. Na região, devem ser criadas pelo menos 2.556 vagas, oportunidade para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho, já que, segundo especialistas, a chance de efetivação pode chegar a 50%.

Em relação aos centros de compras, o maior número de oportunidades está no Mauá Plaza Shopping, que tem 520 vagas temporárias abertas. Entre as opções, estão postos para gerentes de vendas, estoquistas, caixas, atendentes, supervisores e vendedores, entre outras.

“A nossa expectativa é a de que as contratações comecem no mês de novembro, já que as seleções costumam ocorrer neste mês. Estamos bastante otimistas e acreditamos que seja uma excelente oportunidade para quem está procurando o primeiro emprego, uma vez que muitas lojas não pedem experiência anterior”, disse o gerente geral do complexo, Rafael Comenale.

Apesar de não estimar números, os demais shoppings também dizem que as contratações irão acontecer. Em Santo André, o Shopping ABC possui três vagas disponíveis no site e diz que os lojistas já iniciaram as contratações. O Atrium Shopping, que tem duas vagas disponíveis no site, estima um aumento de 20% na disponibilização de postos temporários em relação ao ano passado – montante não informado. O Grand Plaza Shopping possui cinco oportunidades.

No São Bernardo Plaza Shopping não há estimativa de números. “Estamos com a expectativa alta, já que sempre temos um volume grande de contratações”, afirmou a gerente de marketing do empreendimento, Mariana Lobo. No Golden Square Shopping há quatro vagas no site e, no Shopping Metrópole, duas posições para vendedor.

No Shopping Praça da Moça, em Diadema, há nove chances já disponibilizadas no site, porém, o número ainda deve crescer. “As principais lojas âncoras já sinalizam um número de abertura de vagas maior do que o último ano. A expectativa é que o volume total de oportunidades seja entre 8% e 15% maior (do que 2018, cujo montante não for informado)”, disse o gerente de marketing Daniel Lima.

No ParkShopping São Caetano, as contratações temporárias são feitas diretamente nas lojas, mas o complexo disponibiliza plataforma de recrutamento e seleção para ajudar os lojistas no site, em que havia 17 vagas.

A Luandre, empresa de recrutamento com unidade em Santo André, possui atualmente média de 200 oportunidades abertas, com previsão de aumento de 30% até o Natal, ou seja, de mais 60 postos. As chances são, em sua maioria, para vendas, e possuem salários que vão de R$ 1.500 e chegam a R$ 5.000 em cargos de gerência. As oportunidades estão disponíveis no site www.luandre.com.br.

COMÉRCIO DE RUA

A expectativa da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) é de geração de 1.800 vagas entre outubro e dezembro, 8% mais do que no mesmo período do ano passado. A estimativa é positiva em relação às contratações “tanto pela conjuntura geral como pelas perspectivas de aprovação da reforma da Previdência, pagamento da segunda parcela dos 13º dos aposentados e a liberação de verbas do PIS e do FGTS, que trazem recursos para o mercado”, afirmou o vice-presidente Valter Moura Júnior, que estimou as chances de contratação definitiva em 30%.

A Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) também aposta na melhora de ofertas de emprego temporário, apesar de não dar uma estimativa. “As chances de contratação efetivas vão de 40% a 50%”, afirmou o presidente, Pedro Cia Júnior, que também destacou que, para isso acontecer, depende de como a economia deverá se comportar no início do próximo ano.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;