Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sabesp promete fim da falta d’água no 2º Subdistrito em 7 dias

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Empresa deu início as obras, meta é eliminar abastecimento por carro-pipa em 2020


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

11/10/2019 | 07:00


 A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) realiza, na terça-feira, a interligação de adutora no bairro Camilópolis, em Santo André, ao Sistema Rio Claro. De acordo com a empresa e com o prefeito Paulo Serra (PSDB), a intervenção vai acabar com o problema de falta de água no 2º Subdistrito da cidade daqui uma semana.

A informação foi divulgada na tarde de ontem, quando tiveram início obras de duplicação de adutora localizada na região do Parque Miami e Recreio da Borda do Campo, onde o abastecimento de água ainda é feito via caminhão-pipa. A meta da administração é eliminar a prática em toda a cidade até julho de 2020. “Com essas obras, a gente resolve o problema de 50% da cidade e, até o fim de novembro, dos outros 50%”, destacou o chefe do Executivo.

Após a conclusão da duplicação da adutora Miami/Borda do Campo, que vai aumentar a vazão de água em 70 litros por segundo e beneficiar 35 mil pessoas, terá início a implantação de rede de abastecimento para substituir o feito por caminhão-pipa. “Começamos com as ligações no Parque América, próximo à divisa com Rio Grande da Serra. A previsão é que até julho do ano que vem a gente não tenha mais abastecimento por caminhão-pipa”, pontuou Paulo Serra. A obra de duplicação conta com R$ 3,7 milhões em investimentos.

INTERLIGAÇÃO

Para a interligação que será realizada na semana que vem, a Sabesp vai interromper o abastecimento de água da 0h às 22h da terça-feira, com previsão de retorno gradativo do longo da quarta-feira. A intermitência afetará os bairros Camilópolis, Erasmo Assunção, Recreio da Borda do Campo, Vila Suíça, Parque das Nações, Gerassi, Gonzaga, Parque Jaçatuba, Progresso, parte alta de Paranapiacaba e trechos do Parque Oratório e Cidade São Jorge. 

“Escolhemos essa data porque é dia dos professores e não haverá aula, a temperatura deve estar baixa e o consumo deve ser menor. Contamos com a colaboração dos moradores para economizar e armazenar água”, completou o prefeito. Casos de emergência serão atendidos pela central de atendimento no 0800-0119911, que funciona 24 horas, com prioridade para creches, hospitais, asilos e demais entidades dessa natureza.

Paulo Serra destacou que a interligação será a primeira grande intervenção de todas as obras que vêm sendo realizadas pela Sabesp desde que a empresa assumiu o saneamento na cidade. Junto com outras intervenções, como a que foi iniciada ontem no Parque Miami, a oferta de água será ampliada dos atuais 2.200 litros por segundo para até 2.500 litros por segundo até novembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sabesp promete fim da falta d’água no 2º Subdistrito em 7 dias

Empresa deu início as obras, meta é eliminar abastecimento por carro-pipa em 2020

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

11/10/2019 | 07:00


 A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) realiza, na terça-feira, a interligação de adutora no bairro Camilópolis, em Santo André, ao Sistema Rio Claro. De acordo com a empresa e com o prefeito Paulo Serra (PSDB), a intervenção vai acabar com o problema de falta de água no 2º Subdistrito da cidade daqui uma semana.

A informação foi divulgada na tarde de ontem, quando tiveram início obras de duplicação de adutora localizada na região do Parque Miami e Recreio da Borda do Campo, onde o abastecimento de água ainda é feito via caminhão-pipa. A meta da administração é eliminar a prática em toda a cidade até julho de 2020. “Com essas obras, a gente resolve o problema de 50% da cidade e, até o fim de novembro, dos outros 50%”, destacou o chefe do Executivo.

Após a conclusão da duplicação da adutora Miami/Borda do Campo, que vai aumentar a vazão de água em 70 litros por segundo e beneficiar 35 mil pessoas, terá início a implantação de rede de abastecimento para substituir o feito por caminhão-pipa. “Começamos com as ligações no Parque América, próximo à divisa com Rio Grande da Serra. A previsão é que até julho do ano que vem a gente não tenha mais abastecimento por caminhão-pipa”, pontuou Paulo Serra. A obra de duplicação conta com R$ 3,7 milhões em investimentos.

INTERLIGAÇÃO

Para a interligação que será realizada na semana que vem, a Sabesp vai interromper o abastecimento de água da 0h às 22h da terça-feira, com previsão de retorno gradativo do longo da quarta-feira. A intermitência afetará os bairros Camilópolis, Erasmo Assunção, Recreio da Borda do Campo, Vila Suíça, Parque das Nações, Gerassi, Gonzaga, Parque Jaçatuba, Progresso, parte alta de Paranapiacaba e trechos do Parque Oratório e Cidade São Jorge. 

“Escolhemos essa data porque é dia dos professores e não haverá aula, a temperatura deve estar baixa e o consumo deve ser menor. Contamos com a colaboração dos moradores para economizar e armazenar água”, completou o prefeito. Casos de emergência serão atendidos pela central de atendimento no 0800-0119911, que funciona 24 horas, com prioridade para creches, hospitais, asilos e demais entidades dessa natureza.

Paulo Serra destacou que a interligação será a primeira grande intervenção de todas as obras que vêm sendo realizadas pela Sabesp desde que a empresa assumiu o saneamento na cidade. Junto com outras intervenções, como a que foi iniciada ontem no Parque Miami, a oferta de água será ampliada dos atuais 2.200 litros por segundo para até 2.500 litros por segundo até novembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;