Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Trump concede licenças especiais para comércio com Huawei, diz fonte



10/10/2019 | 04:50


A Casa Branca concedeu licenças especiais que autorizam algumas companhias americanas a fazer negócios com a gigante tecnológica chinesa Huawei, segundo uma fonte oficial ouvida pela Dow Jones Newswires.

A medida ocorre antes de negociações comerciais de alto escalão que Estados Unidos e China retomarão nesta quinta-feira, 10, em Washington.

A suspensão parcial das sanções sobre a Huawei faz parte da trégua acordada entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping em junho. Na ocasião, Trump havia concordado em autorizar companhias a fazer comércio com a chinesa caso as operações não ameaçassem a segurança nacional dos EUA, mas nenhuma licença permanente foi concedida até agora.

Detalhes sobre as empresas autorizadas e medidas para proteger a segurança nacional não foram informados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump concede licenças especiais para comércio com Huawei, diz fonte


10/10/2019 | 04:50


A Casa Branca concedeu licenças especiais que autorizam algumas companhias americanas a fazer negócios com a gigante tecnológica chinesa Huawei, segundo uma fonte oficial ouvida pela Dow Jones Newswires.

A medida ocorre antes de negociações comerciais de alto escalão que Estados Unidos e China retomarão nesta quinta-feira, 10, em Washington.

A suspensão parcial das sanções sobre a Huawei faz parte da trégua acordada entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping em junho. Na ocasião, Trump havia concordado em autorizar companhias a fazer comércio com a chinesa caso as operações não ameaçassem a segurança nacional dos EUA, mas nenhuma licença permanente foi concedida até agora.

Detalhes sobre as empresas autorizadas e medidas para proteger a segurança nacional não foram informados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;