Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Governo quer se concentrar no pacto federativo após aprovar reforma, diz Guedes



09/10/2019 | 16:23


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira, 9, que o governo federal pretende se concentrar na discussão do pacto federativo, do qual a reforma administrativa faria parte, após a aprovação da reforma da Previdência no Senado.

"Estamos na expectativa de o Senado aprovar a reforma da Previdência, parece que está andando tudo direitinho e, assim que fechar isso, entramos na próxima fase, que é o pacto federativo. A reforma administrativa é um capítulo desse plano maior que é o pacto federativo", disse o ministro a jornalistas, depois de ter participado de visita institucional ao jornal Folha de S.Paulo.

O ministro foi questionado sobre se a agenda econômica poderia ser atrapalhada pela recente crise do presidente Jair Bolsonaro com o seu partido, o PSL, mas evitou responder. "Eu não entendo nada de política, troca de partido, essas coisas, não entendo nada", limitou-se a dizer.

Em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, que foi divulgado nesta quarta-feira e mostrou deflação, Guedes disse que viu o resultado de forma positiva. "Inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juros", disse. "O que está acontecendo é que a economia está começando a crescer com inflação baixa", acrescentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo quer se concentrar no pacto federativo após aprovar reforma, diz Guedes


09/10/2019 | 16:23


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira, 9, que o governo federal pretende se concentrar na discussão do pacto federativo, do qual a reforma administrativa faria parte, após a aprovação da reforma da Previdência no Senado.

"Estamos na expectativa de o Senado aprovar a reforma da Previdência, parece que está andando tudo direitinho e, assim que fechar isso, entramos na próxima fase, que é o pacto federativo. A reforma administrativa é um capítulo desse plano maior que é o pacto federativo", disse o ministro a jornalistas, depois de ter participado de visita institucional ao jornal Folha de S.Paulo.

O ministro foi questionado sobre se a agenda econômica poderia ser atrapalhada pela recente crise do presidente Jair Bolsonaro com o seu partido, o PSL, mas evitou responder. "Eu não entendo nada de política, troca de partido, essas coisas, não entendo nada", limitou-se a dizer.

Em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, que foi divulgado nesta quarta-feira e mostrou deflação, Guedes disse que viu o resultado de forma positiva. "Inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juros", disse. "O que está acontecendo é que a economia está começando a crescer com inflação baixa", acrescentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;