Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Equipe russa é ouro na disputa masculina no Mundial de Ginástica após 28 anos



09/10/2019 | 14:31


Após 28 anos, a Rússia voltou a conquistar a medalha de ouro por equipes no Mundial de Ginástica Artística, que está sendo disputado em Stuttgart, na Alemanha. Liderados por Ivan Stretovich, Artur Dalaloyan e Nikita Nagornyy, os russos tiveram uma pontuação total de 261,726 pontos, à frente apenas 0,997 dos chineses, campeões de sete dos últimos oito mundiais.

A Rússia, assim, deu o troco na China, após perder o ouro ano passado por 0,049 pontos. "Eu não consegui dormir direito por um ano pela falta desta medalha. De lá para cá, lutamos contra nossos erros para vencer a China", disse Dalaloyan, que fez questão de ir cumprimentar os adversários.

"Fiz isso por respeito à equipe chinesa, porque vi que algumas pessoas tinham lágrimas nos olhos e lembrei de como foi duro para nós há um ano", afirmou o russo. "Eu vi a frustração nos rostos deles e decidi apoiá-los porque somos todos amigos. Eu sei como é ser o segundo, então fui apoiá-los."

A China iniciou a disputa na barra fixa - a última rotação para a asiáticos e russos - com uma vantagem de 1,394 ponto, mas a queda de Sun Wei permitiu aos russos buscar o primeiro lugar. Nagornyy foi o último atleta a se apresentar e selou a vitória russa, ao conseguir a nota 14,466. "Este sentimento de responsabilidade é algo que você jamais poderá esquecer em sua vida. Estou muito feliz por ter tido sucesso", disse o atleta, de 22 anos. "Somente o esporte pode lhe dar emoções deste tipo."

Foi a primeira vez que o time da Rússia conquistou o Mundial desde o fim da União Soviética. Em 1996, os russos ficaram com o ouro olímpico, em Atlanta. Outra nação ex-soviética, a Bielo-Rússia conquistou o título mundial em 2001.

O bronze ficou com o Japão (258,159 pontos), apesar da lesão de Kohei Uchimura, dono de 21 medalhas em Mundiais. Foi o primeiro ano desde 1991 que as mesmas três equipes subiram ao pódio por dois anos consecutivos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Equipe russa é ouro na disputa masculina no Mundial de Ginástica após 28 anos


09/10/2019 | 14:31


Após 28 anos, a Rússia voltou a conquistar a medalha de ouro por equipes no Mundial de Ginástica Artística, que está sendo disputado em Stuttgart, na Alemanha. Liderados por Ivan Stretovich, Artur Dalaloyan e Nikita Nagornyy, os russos tiveram uma pontuação total de 261,726 pontos, à frente apenas 0,997 dos chineses, campeões de sete dos últimos oito mundiais.

A Rússia, assim, deu o troco na China, após perder o ouro ano passado por 0,049 pontos. "Eu não consegui dormir direito por um ano pela falta desta medalha. De lá para cá, lutamos contra nossos erros para vencer a China", disse Dalaloyan, que fez questão de ir cumprimentar os adversários.

"Fiz isso por respeito à equipe chinesa, porque vi que algumas pessoas tinham lágrimas nos olhos e lembrei de como foi duro para nós há um ano", afirmou o russo. "Eu vi a frustração nos rostos deles e decidi apoiá-los porque somos todos amigos. Eu sei como é ser o segundo, então fui apoiá-los."

A China iniciou a disputa na barra fixa - a última rotação para a asiáticos e russos - com uma vantagem de 1,394 ponto, mas a queda de Sun Wei permitiu aos russos buscar o primeiro lugar. Nagornyy foi o último atleta a se apresentar e selou a vitória russa, ao conseguir a nota 14,466. "Este sentimento de responsabilidade é algo que você jamais poderá esquecer em sua vida. Estou muito feliz por ter tido sucesso", disse o atleta, de 22 anos. "Somente o esporte pode lhe dar emoções deste tipo."

Foi a primeira vez que o time da Rússia conquistou o Mundial desde o fim da União Soviética. Em 1996, os russos ficaram com o ouro olímpico, em Atlanta. Outra nação ex-soviética, a Bielo-Rússia conquistou o título mundial em 2001.

O bronze ficou com o Japão (258,159 pontos), apesar da lesão de Kohei Uchimura, dono de 21 medalhas em Mundiais. Foi o primeiro ano desde 1991 que as mesmas três equipes subiram ao pódio por dois anos consecutivos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;