Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Premiê britânico luta para superar oposição da UE a proposta de Brexit

Foto do ONU/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


07/10/2019 | 07:38


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, está fazendo ligações telefônicas a outros líderes europeus numa tentativa de superar a oposição a sua última proposta de Brexit.

A União Europeia respondeu com frieza ao plano britânico, apresentado na semana passada, para manter a fronteira irlandesa aberta depois que o Reino Unido sair do bloco formado por 28 países. Ambos os lados concordam que não deve haver inspeções ou infraestrutura ao longo da fronteira entre a Irlanda, que faz parte da UE, e a Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido. Pelo plano de Johnson, haveria inspeções alfandegárias, mas apenas longe da fronteira.

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que vai decidir até o fim desta semana se um acordo amigável de Brexit é possível.

Johnson tem insistido que a UE feche um compromisso e promete que o Reino Unido deixará a UE na data-limite de 31 de outubro, "com ou sem acordo" de Brexit. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Premiê britânico luta para superar oposição da UE a proposta de Brexit


07/10/2019 | 07:38


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, está fazendo ligações telefônicas a outros líderes europeus numa tentativa de superar a oposição a sua última proposta de Brexit.

A União Europeia respondeu com frieza ao plano britânico, apresentado na semana passada, para manter a fronteira irlandesa aberta depois que o Reino Unido sair do bloco formado por 28 países. Ambos os lados concordam que não deve haver inspeções ou infraestrutura ao longo da fronteira entre a Irlanda, que faz parte da UE, e a Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido. Pelo plano de Johnson, haveria inspeções alfandegárias, mas apenas longe da fronteira.

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que vai decidir até o fim desta semana se um acordo amigável de Brexit é possível.

Johnson tem insistido que a UE feche um compromisso e promete que o Reino Unido deixará a UE na data-limite de 31 de outubro, "com ou sem acordo" de Brexit. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;