Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

ANP habilita 13 empresas para 6ª Rodada de Partilha de Produção



03/10/2019 | 10:09


A Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) habilitou 13 empresas para a 6ª Rodada de Licitações de Partilha de Produção, prevista para 7 de novembro, uma petroleira a menos do que as interessadas para o leilão da Cessão Onerosa, previsto para ocorrer um dia antes (6 de novembro).

Foram habilitadas como operadoras a BP Energy (Reino Unido), Chevron (EUA), CNODC (China), CNOOC (China), Repsol Sinopec (Espanha e China), ExxonMobil (EUA), Petrobras (Brasil), Petronas (Malásia), Shell (EUA), e como não operadoras, ou seja, que terão que fazer parceria para produzir, estão a colombiana Ecopetrol, QPI (Catar), Murphy Exploration & Production (EUA) e Wintershall (Alemanha).

A 6ª Rodada de Partilha de Produção vai oferecer em leilão as áreas de Aram, Cruzeiro do Sul, Bumerangue, Sudoeste de Sagitário e Norte de Brava.

O bônus de assinatura foi fixado em R$ 7,8 bilhões.

O leilão será uma oportunidade para as empresas que não conseguirem adquirir áreas no leilão da Cessão Onerosa.

A Petrobras exerceu o direito de preferência que possui por lei nas áreas de Aram, Sudoeste de Sagitário e Norte de Brava, onde poderá ter até 30% de participação e ser a operadora do campo, mesmo que perca no leilão com outro consórcio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

ANP habilita 13 empresas para 6ª Rodada de Partilha de Produção


03/10/2019 | 10:09


A Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) habilitou 13 empresas para a 6ª Rodada de Licitações de Partilha de Produção, prevista para 7 de novembro, uma petroleira a menos do que as interessadas para o leilão da Cessão Onerosa, previsto para ocorrer um dia antes (6 de novembro).

Foram habilitadas como operadoras a BP Energy (Reino Unido), Chevron (EUA), CNODC (China), CNOOC (China), Repsol Sinopec (Espanha e China), ExxonMobil (EUA), Petrobras (Brasil), Petronas (Malásia), Shell (EUA), e como não operadoras, ou seja, que terão que fazer parceria para produzir, estão a colombiana Ecopetrol, QPI (Catar), Murphy Exploration & Production (EUA) e Wintershall (Alemanha).

A 6ª Rodada de Partilha de Produção vai oferecer em leilão as áreas de Aram, Cruzeiro do Sul, Bumerangue, Sudoeste de Sagitário e Norte de Brava.

O bônus de assinatura foi fixado em R$ 7,8 bilhões.

O leilão será uma oportunidade para as empresas que não conseguirem adquirir áreas no leilão da Cessão Onerosa.

A Petrobras exerceu o direito de preferência que possui por lei nas áreas de Aram, Sudoeste de Sagitário e Norte de Brava, onde poderá ter até 30% de participação e ser a operadora do campo, mesmo que perca no leilão com outro consórcio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;