Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Governo de São Paulo inaugura ‘Farmácia de Alto Custo’ em São Caetano

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Novo serviço pretende oferecer conforto e agilidade aos cerca de 4,2 mil pacientes do município que recebem medicamentos do componente especializado


Do Dgabc.com.br

02/10/2019 | 10:03


O Governador João Doria (PSDB), o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira e o Prefeito de São Caetano, José Auricchio Junior (PSDB), inauguraram nesta quarta-feira (2), a FME (Farmácia de Medicamentos Especializados) no Atende Fácil da cidade.

O novo ponto de atendimento vai fornecer remédios de alto custo aos pacientes sul-caetanenses, dando continuidade ao projeto de descentralização da entrega de medicamentos no ABC.

“São quase cinco mil pessoas que, todos os meses, perdiam uma manhã inteira ou uma tarde inteira em busca dos seus medicamentos. Agora temos aqui Farmácia de Medicamentos Especializados para atender as pessoas de forma rápida, precisa e muito mais próxima. Isso significa mais conforto e qualidade de vida para os pacientes, o que é obrigação do Estado. E estamos fazendo isso dentro de um regime descentralizado e municipalista”, destacou o Governador.

A medida deve beneficiar 4,2 mil pessoas que, até o momento, retiravam remédios e insumos na farmácia localizada no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. A transição para a unidade de São Caetano já está em andamento e mais de 1,6 mil pessoas já poderão retirar seus itens no local a partir deste mês.

A iniciativa é uma demanda antiga do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, órgão financiado pelas prefeituras da região para elaborar e articular projetos regionais, que debate o tema há pelo oito anos. 

Já a partir desta semana, os pacientes poderão protocolar suas solicitações iniciais e pedidos de renovação para atendimento no próprio serviço, que funcionará de segunda à sexta, das 8h às 18h e, aos sábados, das 8h às 12h. Como todos os protocolos têm duração de três meses, quem já está em atendimento no Mário Covas concluirá a retirada nesse serviço, para então migrar para a farmácia de São Caetano.

A expectativa é que, até dezembro, 100% dos pacientes sul-caetanenses já estejam em atendimento na própria cidade.

O investimento do Governo do Estado foi de R$ 150 mil para adaptação do espaço no Atende Fácil, incluindo compra de mobiliário e equipamentos para operação do serviço. Ainda serão repassados à Prefeitura R$ 312 mil, em doze parcelas mensais, por meio de convênio para manutenção e custeio.

“Com a entrega dessa nova unidade, garantimos maior conforto e agilidade na entrega de medicamentos especializados aos pacientes, aproximando o serviço dos cidadãos da região do ABC”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

A aposentada por invalidez Daniela Fernandes de Souza, de 45 anos, retira o remédio betainterferona 1A (para pacientes diagnosticados com esclerose múltipla) há 11 anos na farmácia do Hospital Mário Covas, e como moradora de São Caetano desde que nasceu, comenta que a farmácia na cidade vai melhorar a sua mobilidade para retirada do medicamento. "Da última vez que fui receber o remédio em Santo André, já agendaram a próxima retirada nessa unidade. Acredito que só trará benefícios para nós, moradores, que precisamos sempre nos deslocar para outro município", pontua. Daniela ressalta que se fosse para comprar o medicamento em farmácias populares, era necessário abrir um processo no Ministério da Saúde, além dos custos que seriam em média de R$ 8 mil. 

Descentralização ABC

A implantação dessa farmácia é a segunda etapa do projeto de descentralização da entrega de remédios na região, que segue em desenvolvimento com o objetivo de facilitar a assistência farmacêutica e viabilizar o fornecimento de medicamentos na residência dos pacientes.

A Farmácia do Mário Covas contava com atendimento a 42 mil pacientes cadastrados até maio de 2019, quando o Governo do Estado ativou um novo ponto de atendimento no Poupatempo de São Bernardo. Esse novo local já atende integralmente os 13 mil pacientes são-bernardenses. Com isso, a demanda na unidade de Santo André caiu para 28 mil pessoas, sendo cerca de 15% de moradores de São Caetano.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo de São Paulo inaugura ‘Farmácia de Alto Custo’ em São Caetano

Novo serviço pretende oferecer conforto e agilidade aos cerca de 4,2 mil pacientes do município que recebem medicamentos do componente especializado

Do Dgabc.com.br

02/10/2019 | 10:03


O Governador João Doria (PSDB), o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira e o Prefeito de São Caetano, José Auricchio Junior (PSDB), inauguraram nesta quarta-feira (2), a FME (Farmácia de Medicamentos Especializados) no Atende Fácil da cidade.

O novo ponto de atendimento vai fornecer remédios de alto custo aos pacientes sul-caetanenses, dando continuidade ao projeto de descentralização da entrega de medicamentos no ABC.

“São quase cinco mil pessoas que, todos os meses, perdiam uma manhã inteira ou uma tarde inteira em busca dos seus medicamentos. Agora temos aqui Farmácia de Medicamentos Especializados para atender as pessoas de forma rápida, precisa e muito mais próxima. Isso significa mais conforto e qualidade de vida para os pacientes, o que é obrigação do Estado. E estamos fazendo isso dentro de um regime descentralizado e municipalista”, destacou o Governador.

A medida deve beneficiar 4,2 mil pessoas que, até o momento, retiravam remédios e insumos na farmácia localizada no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. A transição para a unidade de São Caetano já está em andamento e mais de 1,6 mil pessoas já poderão retirar seus itens no local a partir deste mês.

A iniciativa é uma demanda antiga do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, órgão financiado pelas prefeituras da região para elaborar e articular projetos regionais, que debate o tema há pelo oito anos. 

Já a partir desta semana, os pacientes poderão protocolar suas solicitações iniciais e pedidos de renovação para atendimento no próprio serviço, que funcionará de segunda à sexta, das 8h às 18h e, aos sábados, das 8h às 12h. Como todos os protocolos têm duração de três meses, quem já está em atendimento no Mário Covas concluirá a retirada nesse serviço, para então migrar para a farmácia de São Caetano.

A expectativa é que, até dezembro, 100% dos pacientes sul-caetanenses já estejam em atendimento na própria cidade.

O investimento do Governo do Estado foi de R$ 150 mil para adaptação do espaço no Atende Fácil, incluindo compra de mobiliário e equipamentos para operação do serviço. Ainda serão repassados à Prefeitura R$ 312 mil, em doze parcelas mensais, por meio de convênio para manutenção e custeio.

“Com a entrega dessa nova unidade, garantimos maior conforto e agilidade na entrega de medicamentos especializados aos pacientes, aproximando o serviço dos cidadãos da região do ABC”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

A aposentada por invalidez Daniela Fernandes de Souza, de 45 anos, retira o remédio betainterferona 1A (para pacientes diagnosticados com esclerose múltipla) há 11 anos na farmácia do Hospital Mário Covas, e como moradora de São Caetano desde que nasceu, comenta que a farmácia na cidade vai melhorar a sua mobilidade para retirada do medicamento. "Da última vez que fui receber o remédio em Santo André, já agendaram a próxima retirada nessa unidade. Acredito que só trará benefícios para nós, moradores, que precisamos sempre nos deslocar para outro município", pontua. Daniela ressalta que se fosse para comprar o medicamento em farmácias populares, era necessário abrir um processo no Ministério da Saúde, além dos custos que seriam em média de R$ 8 mil. 

Descentralização ABC

A implantação dessa farmácia é a segunda etapa do projeto de descentralização da entrega de remédios na região, que segue em desenvolvimento com o objetivo de facilitar a assistência farmacêutica e viabilizar o fornecimento de medicamentos na residência dos pacientes.

A Farmácia do Mário Covas contava com atendimento a 42 mil pacientes cadastrados até maio de 2019, quando o Governo do Estado ativou um novo ponto de atendimento no Poupatempo de São Bernardo. Esse novo local já atende integralmente os 13 mil pacientes são-bernardenses. Com isso, a demanda na unidade de Santo André caiu para 28 mil pessoas, sendo cerca de 15% de moradores de São Caetano.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;