Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

O que é petróleo?

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Combustível foi formado há milhões de anos por meio da decomposição de organismos vivos


Tauana Marin
Diário do Grande ABC

29/09/2019 | 07:00


O petróleo é substância oleosa, inflamável (que pega fogo), com tonalidade escura, formada por combinação de moléculas de carbono e hidrogênio e impurezas derivadas do enxofre, nitrogênio, entre outras substâncias. Esse combustível foi formado há milhões de anos pela decomposição de restos de organismos como algas, protozoários e outros seres vivos que compunham o plâncton (micro-organismos que vivem na superfície da água).

Os corpos destes seres vivos (matéria orgânica) formavam depósitos nos fundos dos antigos mares e lagos e, posteriormente, foram cobertos por sedimentos derivados da erosão (decomposição) de rochas antigas. Estes sedimentos acumularam-se com pouca oxigenação e formaram rochas que pressionavam o material orgânico. Nestas condições especiais de pressão e temperatura o petróleo foi formado.

É ele a matéria-prima de muitos produtos dos quais a sociedade consome – desde a gasolina e o óleo diesel, utilizados em nossos veículos de transporte; gás de cozinha; borrachas; plásticos; alguns lubrificantes para indústria e até mesmo energia elétrica.

Existem diferentes tipos de petróleos, o que depende das estruturas físicas e químicas. Tanto a comercialização quanto o preço vão depender destas características. A indústria do petróleo envolve segmentos: a exploração (busca por novas áreas petrolíferas), o transporte (redes de canais que ligam os campos petrolíferos, terminais marítimos e terrestres) e as refinarias (local onde o petróleo é separado e processado para gerar frações que serão transformados nos produtos que a sociedade utiliza).

O Oriente Médio é a região que concentra maior parte das reservas mundiais. Nas Américas, a Venezuela possui as maiores reservas petrolíferas; no Brasil, a exploração do petróleo começou após 1850, mas, hoje, as reservas nacionais suprem metade do consumo interno. Em 1953 foi criada a Petrobras, a grande indústria petrolífera do País.

Você sabia que o uso excessivo do petróleo prejudica o meio ambiente? Derivados, como a gasolina e o óleo diesel, reagem com o oxigênio em processo chamado combustão, o que libera gás carbônico (CO2) e outras substâncias tóxicas

Os antigos hebreus já utilizavam petróleo para acender as fogueiras. Os egípcios para a construção de pirâmides e conservação de múmias. Já os gregos e romanos o utilizavam em armas de guerra

Consultoria de Andrea Ferrari, professora doutora de biologia do Colégio Universitário da USCS (Universidade Municipal de São Caetano). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O que é petróleo?

Combustível foi formado há milhões de anos por meio da decomposição de organismos vivos

Tauana Marin
Diário do Grande ABC

29/09/2019 | 07:00


O petróleo é substância oleosa, inflamável (que pega fogo), com tonalidade escura, formada por combinação de moléculas de carbono e hidrogênio e impurezas derivadas do enxofre, nitrogênio, entre outras substâncias. Esse combustível foi formado há milhões de anos pela decomposição de restos de organismos como algas, protozoários e outros seres vivos que compunham o plâncton (micro-organismos que vivem na superfície da água).

Os corpos destes seres vivos (matéria orgânica) formavam depósitos nos fundos dos antigos mares e lagos e, posteriormente, foram cobertos por sedimentos derivados da erosão (decomposição) de rochas antigas. Estes sedimentos acumularam-se com pouca oxigenação e formaram rochas que pressionavam o material orgânico. Nestas condições especiais de pressão e temperatura o petróleo foi formado.

É ele a matéria-prima de muitos produtos dos quais a sociedade consome – desde a gasolina e o óleo diesel, utilizados em nossos veículos de transporte; gás de cozinha; borrachas; plásticos; alguns lubrificantes para indústria e até mesmo energia elétrica.

Existem diferentes tipos de petróleos, o que depende das estruturas físicas e químicas. Tanto a comercialização quanto o preço vão depender destas características. A indústria do petróleo envolve segmentos: a exploração (busca por novas áreas petrolíferas), o transporte (redes de canais que ligam os campos petrolíferos, terminais marítimos e terrestres) e as refinarias (local onde o petróleo é separado e processado para gerar frações que serão transformados nos produtos que a sociedade utiliza).

O Oriente Médio é a região que concentra maior parte das reservas mundiais. Nas Américas, a Venezuela possui as maiores reservas petrolíferas; no Brasil, a exploração do petróleo começou após 1850, mas, hoje, as reservas nacionais suprem metade do consumo interno. Em 1953 foi criada a Petrobras, a grande indústria petrolífera do País.

Você sabia que o uso excessivo do petróleo prejudica o meio ambiente? Derivados, como a gasolina e o óleo diesel, reagem com o oxigênio em processo chamado combustão, o que libera gás carbônico (CO2) e outras substâncias tóxicas

Os antigos hebreus já utilizavam petróleo para acender as fogueiras. Os egípcios para a construção de pirâmides e conservação de múmias. Já os gregos e romanos o utilizavam em armas de guerra

Consultoria de Andrea Ferrari, professora doutora de biologia do Colégio Universitário da USCS (Universidade Municipal de São Caetano). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;