Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

AGU cria força-tarefa para atuar em demandas jurídicas da Amazônia Legal



25/09/2019 | 08:13


A Advocacia-Geral da União (AGU) criou a Força-Tarefa em Defesa da Amazônia, "uma equipe nacional especializada, de caráter temporário, para atuação estratégica em demandas judiciais específicas que tenham por objeto o exercício do poder de polícia, a reparação dos danos e a execução de créditos considerados prioritários relativamente à Amazônia Legal".

A decisão consta de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). A duração do grupo será de seis meses, podendo ser prorrogada a critério da AGU. O trabalho da equipe abrange ações ambientais prioritárias da União, Ibama e ICMbio nos Estados que compõem a Amazônia Legal.

A força-tarefa será formada por 15 representantes da Procuradoria-Geral Federal e cinco da Procuradoria-Geral da União e terá, entre outras, as atribuições de "auxiliar o Advogado-Geral da União na gestão do conhecimento jurídico que envolve a atuação institucional na defesa das políticas públicas ambientais na Amazônia Legal" e de "acompanhar prioritariamente a tramitação e os resultados de ações judiciais relacionadas com o poder de polícia ambiental na Amazônia Legal".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

AGU cria força-tarefa para atuar em demandas jurídicas da Amazônia Legal


25/09/2019 | 08:13


A Advocacia-Geral da União (AGU) criou a Força-Tarefa em Defesa da Amazônia, "uma equipe nacional especializada, de caráter temporário, para atuação estratégica em demandas judiciais específicas que tenham por objeto o exercício do poder de polícia, a reparação dos danos e a execução de créditos considerados prioritários relativamente à Amazônia Legal".

A decisão consta de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). A duração do grupo será de seis meses, podendo ser prorrogada a critério da AGU. O trabalho da equipe abrange ações ambientais prioritárias da União, Ibama e ICMbio nos Estados que compõem a Amazônia Legal.

A força-tarefa será formada por 15 representantes da Procuradoria-Geral Federal e cinco da Procuradoria-Geral da União e terá, entre outras, as atribuições de "auxiliar o Advogado-Geral da União na gestão do conhecimento jurídico que envolve a atuação institucional na defesa das políticas públicas ambientais na Amazônia Legal" e de "acompanhar prioritariamente a tramitação e os resultados de ações judiciais relacionadas com o poder de polícia ambiental na Amazônia Legal".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;