Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A mesma coisa


Márcio Bernardes

23/09/2019 | 16:35


Feita a convocação da seleção brasileira para dois amistosos em Cingapura, contra Senegal e Nigéria. Clubes e torcedores reclamam que Tite exagerou na dose do xarope. Especialmente os flamenguistas e gremistas que perderão dois jogadores. A choradeira se estende pelo Santos, Palmeiras, Atlético-PR ...

Não haveria essa choradeira se a CBF não marcasse jogos do Brasileiro no período das datas-Fifa. Esse é o verdadeiro absurdo. E não adianta o presidente da entidade dizer que vai corrigir esse problema em 2020. Porque durante a Copa América do ano que vem o campeonato vai continuar.

Ainda não apareceu um dirigente com aquilo roxo. Alguém precisa se rebelar contra esses desmandos da CBF. A entidade convoca o jogador, o clube continua pagando o seu salário e não pode utilizá-lo.

Independente de ter um elenco reforçado ou não. O dia que um clube disser que não vai jogar nenhuma partida oficial na data-Fifa a CBF não terá moral para puni-lo.


Amigos ou inimigos?

A impressão que se tem é que a CBF não conversa com a Conmebol. Semana passada aconteceu a decisão da Copa do Brasil, o segundo torneio nacional mais importante do Brasil. E a Conmebol marcou o jogo do Corinthians contra o Independiente del Valle, pela Copa Sul-Americana, no mesmo dia e mesma hora.

Antigamente um jogo decisivo de Copa do Brasil parava o Brasil. Mas agora não. Os torcedores corintianos, especialmente, perderam a final entre Internacional 1 x Atlético-PR 2, por causa de sua partida semifinal contra a equipe equatoriana. Aliás, com resultado indigesto.

As coisas estão de tal modo que depois dessa barbaridade ninguém reclamou ou protestou. Comodismo inaceitável.


Continua quente

Palmeiras salvou a rodada e o campeonato. Pelo menos por enquanto. Porque se não vencesse o Fortaleza deixaria o Flamengo disparado na frente. Corinthians e São Paulo foram bem e o Santos surpreendeu.

Essa a síntese dos paulistas no começo do segundo turno do Brasileiro-19.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A mesma coisa

Márcio Bernardes

23/09/2019 | 16:35


Feita a convocação da seleção brasileira para dois amistosos em Cingapura, contra Senegal e Nigéria. Clubes e torcedores reclamam que Tite exagerou na dose do xarope. Especialmente os flamenguistas e gremistas que perderão dois jogadores. A choradeira se estende pelo Santos, Palmeiras, Atlético-PR ...

Não haveria essa choradeira se a CBF não marcasse jogos do Brasileiro no período das datas-Fifa. Esse é o verdadeiro absurdo. E não adianta o presidente da entidade dizer que vai corrigir esse problema em 2020. Porque durante a Copa América do ano que vem o campeonato vai continuar.

Ainda não apareceu um dirigente com aquilo roxo. Alguém precisa se rebelar contra esses desmandos da CBF. A entidade convoca o jogador, o clube continua pagando o seu salário e não pode utilizá-lo.

Independente de ter um elenco reforçado ou não. O dia que um clube disser que não vai jogar nenhuma partida oficial na data-Fifa a CBF não terá moral para puni-lo.


Amigos ou inimigos?

A impressão que se tem é que a CBF não conversa com a Conmebol. Semana passada aconteceu a decisão da Copa do Brasil, o segundo torneio nacional mais importante do Brasil. E a Conmebol marcou o jogo do Corinthians contra o Independiente del Valle, pela Copa Sul-Americana, no mesmo dia e mesma hora.

Antigamente um jogo decisivo de Copa do Brasil parava o Brasil. Mas agora não. Os torcedores corintianos, especialmente, perderam a final entre Internacional 1 x Atlético-PR 2, por causa de sua partida semifinal contra a equipe equatoriana. Aliás, com resultado indigesto.

As coisas estão de tal modo que depois dessa barbaridade ninguém reclamou ou protestou. Comodismo inaceitável.


Continua quente

Palmeiras salvou a rodada e o campeonato. Pelo menos por enquanto. Porque se não vencesse o Fortaleza deixaria o Flamengo disparado na frente. Corinthians e São Paulo foram bem e o Santos surpreendeu.

Essa a síntese dos paulistas no começo do segundo turno do Brasileiro-19.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;