Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Naomi Osaka confirma favoritismo, vence Pavlyuchenkova e é campeã no Japão



22/09/2019 | 10:19


A japonesa Naomi Osaka confirmou o favoritismo e conquistou o título do Torneio de Osaka. A tenista local aproveitou o apoio da torcida e derrotou a russa Anastasia Pavlyuchenkova com facilidade, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/3 para ser campeã.

Cabeça de chave número 1 do torneio, Osaka precisou de apenas 69 minutos para despachar a russa na final da competição em sua terra natal. Ela havia sido vice-campeã duas vezes do torneio, quando este foi realizado em Tóquio, em 2016 e 2018.

"Acho que o que aprendi neste torneio é apenas focar em cada ponto e ter uma energia realmente positiva", salientou a japonesa, que não levantava um troféu desde o Aberto da Austrália, o primeiro dos quatro Grand Slams do ano, título que o alçou à liderança do ranking mundial da WTA.

Naomi liderou o ranking até o começo deste mês e perdeu o posto após cair nas oitavas de final no US Open ao perder para a suíça Belinda Bencic. No momento, ela é a quarta colocada da WTA e a atual líder é a australiana Ashleigh Barty. Anastasia Pavlyuchenkova, número 41 do mundo, acumula seu segundo vice-campeonato. Em 2017, a russa perdeu a decisão para a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

BRASILEIRA É VICE EM SEUL - Ao lado da norte-americana Hayley Carter, a brasileira Luisa Stefani foi vice nas duplas no Torneio de Seul. As duas foram derrotas na decisão deste domingo pela parceria formada pela espanhola Lara Arruabarrena e pela alemã Tatjana Maria por 2 sets a 1 - parciais de 7/6 (9/7), 3/6 e 10/7.

Stefani e Carter dividirão uma premiação de US$ 6.400 (cerca de R$ 26 mil) e levam 180 pontos no ranking cada uma. Com essa pontuação, a paulista de 22 anos conseguirá debutar no top 100. Hoje ela aparece na 112ª colocação.

Na decisão de simples do torneio na Coreia do Sul, quem levou a melhor foi a checa Karolina Muchova, número 45 do ranking, que derrotou a polonesa Magda Linette, dona do 48º posto da WTA, em sets diretos, com um duplo 6/1 para ficar com o título.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Naomi Osaka confirma favoritismo, vence Pavlyuchenkova e é campeã no Japão


22/09/2019 | 10:19


A japonesa Naomi Osaka confirmou o favoritismo e conquistou o título do Torneio de Osaka. A tenista local aproveitou o apoio da torcida e derrotou a russa Anastasia Pavlyuchenkova com facilidade, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/3 para ser campeã.

Cabeça de chave número 1 do torneio, Osaka precisou de apenas 69 minutos para despachar a russa na final da competição em sua terra natal. Ela havia sido vice-campeã duas vezes do torneio, quando este foi realizado em Tóquio, em 2016 e 2018.

"Acho que o que aprendi neste torneio é apenas focar em cada ponto e ter uma energia realmente positiva", salientou a japonesa, que não levantava um troféu desde o Aberto da Austrália, o primeiro dos quatro Grand Slams do ano, título que o alçou à liderança do ranking mundial da WTA.

Naomi liderou o ranking até o começo deste mês e perdeu o posto após cair nas oitavas de final no US Open ao perder para a suíça Belinda Bencic. No momento, ela é a quarta colocada da WTA e a atual líder é a australiana Ashleigh Barty. Anastasia Pavlyuchenkova, número 41 do mundo, acumula seu segundo vice-campeonato. Em 2017, a russa perdeu a decisão para a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

BRASILEIRA É VICE EM SEUL - Ao lado da norte-americana Hayley Carter, a brasileira Luisa Stefani foi vice nas duplas no Torneio de Seul. As duas foram derrotas na decisão deste domingo pela parceria formada pela espanhola Lara Arruabarrena e pela alemã Tatjana Maria por 2 sets a 1 - parciais de 7/6 (9/7), 3/6 e 10/7.

Stefani e Carter dividirão uma premiação de US$ 6.400 (cerca de R$ 26 mil) e levam 180 pontos no ranking cada uma. Com essa pontuação, a paulista de 22 anos conseguirá debutar no top 100. Hoje ela aparece na 112ª colocação.

Na decisão de simples do torneio na Coreia do Sul, quem levou a melhor foi a checa Karolina Muchova, número 45 do ranking, que derrotou a polonesa Magda Linette, dona do 48º posto da WTA, em sets diretos, com um duplo 6/1 para ficar com o título.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;