Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Hamilton erra e Leclerc é o mais rápido no terceiro treino livre em Cingapura

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/09/2019 | 08:28


Depois de ter uma sexta-feira ruim, o monegasco Charles Leclerc voltou a sorrir neste sábado. O piloto da Ferrari aproveitou um erro do inglês Lewis Hamilton, dominou a maior parte do terceiro treino livre para o GP de Cingapura e terminou a atividade em primeiro.

O jovem piloto de Mônaco, vencedor das últimas duas corridas, fez o melhor tempo do final de semana até aqui: 1min38s192, 0s207 mais rápido do que Hamilton, que protagonizou, com a sua Mercedes, um momento raro de barbeiragem em sua carreira.

O pentacampeão mundial, que lidera o Mundial de Pilotos com certa folga, rodou na saída dos boxes em baixa velocidade após colocar pneus macios. Mesmo assim, o inglês conseguiu, após duas voltas, garantir a segunda posição.

O alemão Sebastian Vettel mais uma vez ficou bem atrás do companheiro de equipe e acabou em terceiro, a 0s619 de Leclerc. O finlandês Valtteri Bottas também não conseguiu acompanhar seu companheiro de Mercedes e fechou a atividade na quarta colocação.

O tailandês Alexander Albon e o holandês Max Verstappen, ambos da Red Bull, fecharam o terceiro treino livre na quinta e sexta posições, respectivamente. Verstappen havia liderado a primeira atividade, na sexta-feira, e viu seu desempenho cair.

A McLaren veio a seguir, com o espanhol Carlos Sainz Jr em sétimo e o inglês Lando Norris no oitavo posto. O alemão Nico Hulkenberg e o italiano Daniel Ricciardo, dupla da Renault, fecharam o grupo dos dez primeiros colocados.

Houve uma batida na atividade. Com meia hora de treino, o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, bateu com força no muro na saída da curva 21 e viu a roda e a suspensão traseira direita de seu carro ficarem danificadas.

A sessão de classificação que definirá o grid de largada da corrida começará às 10 horas (de Brasília) neste sábado. A largada para o GP de Cingapura será às 9h10 do domingo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hamilton erra e Leclerc é o mais rápido no terceiro treino livre em Cingapura


21/09/2019 | 08:28


Depois de ter uma sexta-feira ruim, o monegasco Charles Leclerc voltou a sorrir neste sábado. O piloto da Ferrari aproveitou um erro do inglês Lewis Hamilton, dominou a maior parte do terceiro treino livre para o GP de Cingapura e terminou a atividade em primeiro.

O jovem piloto de Mônaco, vencedor das últimas duas corridas, fez o melhor tempo do final de semana até aqui: 1min38s192, 0s207 mais rápido do que Hamilton, que protagonizou, com a sua Mercedes, um momento raro de barbeiragem em sua carreira.

O pentacampeão mundial, que lidera o Mundial de Pilotos com certa folga, rodou na saída dos boxes em baixa velocidade após colocar pneus macios. Mesmo assim, o inglês conseguiu, após duas voltas, garantir a segunda posição.

O alemão Sebastian Vettel mais uma vez ficou bem atrás do companheiro de equipe e acabou em terceiro, a 0s619 de Leclerc. O finlandês Valtteri Bottas também não conseguiu acompanhar seu companheiro de Mercedes e fechou a atividade na quarta colocação.

O tailandês Alexander Albon e o holandês Max Verstappen, ambos da Red Bull, fecharam o terceiro treino livre na quinta e sexta posições, respectivamente. Verstappen havia liderado a primeira atividade, na sexta-feira, e viu seu desempenho cair.

A McLaren veio a seguir, com o espanhol Carlos Sainz Jr em sétimo e o inglês Lando Norris no oitavo posto. O alemão Nico Hulkenberg e o italiano Daniel Ricciardo, dupla da Renault, fecharam o grupo dos dez primeiros colocados.

Houve uma batida na atividade. Com meia hora de treino, o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, bateu com força no muro na saída da curva 21 e viu a roda e a suspensão traseira direita de seu carro ficarem danificadas.

A sessão de classificação que definirá o grid de largada da corrida começará às 10 horas (de Brasília) neste sábado. A largada para o GP de Cingapura será às 9h10 do domingo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;