Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atila intensifica ações políticas para tentar resgatar apoio

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito de Mauá impulsiona zeladoria, fala em zerar fila de exame e promete abrir gabinete


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/09/2019 | 07:00


Autointitulado “prefeito do povo” de Mauá, Atila Jacomussi (PSB) tem intensificado ações políticas a fim de resgatar a confiança do eleitorado, abalada pelas duas prisões e pelo impeachment aprovado pela Câmara em abril. O socialista voltou à cadeira graças à liminar concedida pela Justiça paulista no dia 9, que anulou sua cassação.

Ao Diário, Atila elencou série de iniciativas que pretende adotar em curto e longo prazos. As ações passam desde a retomada de programas de zeladoria, como o chamado Pintou Limpeza, até a promessa de zerar a fila de espera por exames. O socialista também garante que vai entregar até o fim do ano as obras da maternidade do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, que estão em ritmo moroso há quatro anos.

Para tentar reconquistar a credibilidade da população, sobretudo a de baixa renda, na qual asfaltou sua base eleitoral na época em que foi superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), vale até reduzir tributos. O prefeito promete, nos próximos dias, anunciar a diminuição da cobrança da polêmica taxa do lixo. Mais: avisou que vai receber os munícipes no próprio gabinete, todas as segundas-feiras, pela manhã. “Será o ‘olho no olho com o prefeito’”, conta.

A falta de água é outro calcanhar de Aquiles que Atila pretende reverter para tentar salvar o governo. O socialista já afirmou que vai dar encaminhamento ao acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para devolver a distribuição de água no município e, de quebra, amortizar a dívida bilionária da Sama com a empresa paulista. “O povo vai ter médico de volta, vai conseguir fazer exames, vai ter água na torneira e vai ver a cidade limpa”, prometeu.

Embora evite falar sobre a eleição do ano que vem, Atila não confirma, mas tampouco rechaça a tese de que sonha com a reeleição. Para tanto, precisa aguardar o julgamento do mérito, na Justiça de Mauá, sobre a anulação do impeachment. Caso a decisão favorável se mantenha, também derrubará a principal pena imposta pela cassação: a suspensão dos direitos políticos e a consequente inelegibilidade até 2027. “Quem está em dívida com o povo sou eu. Por isso, estou pedindo essa oportunidade de mostrar que as injustiças que passei não me fizeram esquecer do compromisso que fiz com o povo nas eleições de 2016”, apelou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atila intensifica ações políticas para tentar resgatar apoio

Prefeito de Mauá impulsiona zeladoria, fala em zerar fila de exame e promete abrir gabinete

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/09/2019 | 07:00


Autointitulado “prefeito do povo” de Mauá, Atila Jacomussi (PSB) tem intensificado ações políticas a fim de resgatar a confiança do eleitorado, abalada pelas duas prisões e pelo impeachment aprovado pela Câmara em abril. O socialista voltou à cadeira graças à liminar concedida pela Justiça paulista no dia 9, que anulou sua cassação.

Ao Diário, Atila elencou série de iniciativas que pretende adotar em curto e longo prazos. As ações passam desde a retomada de programas de zeladoria, como o chamado Pintou Limpeza, até a promessa de zerar a fila de espera por exames. O socialista também garante que vai entregar até o fim do ano as obras da maternidade do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, que estão em ritmo moroso há quatro anos.

Para tentar reconquistar a credibilidade da população, sobretudo a de baixa renda, na qual asfaltou sua base eleitoral na época em que foi superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), vale até reduzir tributos. O prefeito promete, nos próximos dias, anunciar a diminuição da cobrança da polêmica taxa do lixo. Mais: avisou que vai receber os munícipes no próprio gabinete, todas as segundas-feiras, pela manhã. “Será o ‘olho no olho com o prefeito’”, conta.

A falta de água é outro calcanhar de Aquiles que Atila pretende reverter para tentar salvar o governo. O socialista já afirmou que vai dar encaminhamento ao acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para devolver a distribuição de água no município e, de quebra, amortizar a dívida bilionária da Sama com a empresa paulista. “O povo vai ter médico de volta, vai conseguir fazer exames, vai ter água na torneira e vai ver a cidade limpa”, prometeu.

Embora evite falar sobre a eleição do ano que vem, Atila não confirma, mas tampouco rechaça a tese de que sonha com a reeleição. Para tanto, precisa aguardar o julgamento do mérito, na Justiça de Mauá, sobre a anulação do impeachment. Caso a decisão favorável se mantenha, também derrubará a principal pena imposta pela cassação: a suspensão dos direitos políticos e a consequente inelegibilidade até 2027. “Quem está em dívida com o povo sou eu. Por isso, estou pedindo essa oportunidade de mostrar que as injustiças que passei não me fizeram esquecer do compromisso que fiz com o povo nas eleições de 2016”, apelou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;