Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Auditor aposentado José Barroso Tostes Neto deve ser o novo chefe da Receita



20/09/2019 | 12:44


O auditor fiscal aposentado José Barroso Tostes Neto deve ser o novo secretário especial da Receita Federal, segundo apurou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Ele substituirá Marcos Cintra, que deixou o cargo na semana passada em meio à polêmica sobre a recriação de um novo imposto sobre movimentações financeiras, nos moldes da extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

De acordo com fontes do governo, ele deve trabalhar em parceria com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que deve assumir a articulação política da reforma tributária.

Considerado um quadro técnico para o posto, Tostes Neto atuou pela Receita Federal entre 1982 e 2011 na Região Norte do País e deixou o cargo de auditor para assumir a secretaria de Fazenda do Pará, no segundo mandato de Simão Jatene (PSDB), entre 2011 e 2015.

Nos últimos quatro anos, Tostes Neto tem chefiado a equipe de projetos para o desenvolvimento, processamento, negociação e avaliação da gestão fiscal e subnacional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Auditor aposentado José Barroso Tostes Neto deve ser o novo chefe da Receita


20/09/2019 | 12:44


O auditor fiscal aposentado José Barroso Tostes Neto deve ser o novo secretário especial da Receita Federal, segundo apurou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Ele substituirá Marcos Cintra, que deixou o cargo na semana passada em meio à polêmica sobre a recriação de um novo imposto sobre movimentações financeiras, nos moldes da extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

De acordo com fontes do governo, ele deve trabalhar em parceria com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que deve assumir a articulação política da reforma tributária.

Considerado um quadro técnico para o posto, Tostes Neto atuou pela Receita Federal entre 1982 e 2011 na Região Norte do País e deixou o cargo de auditor para assumir a secretaria de Fazenda do Pará, no segundo mandato de Simão Jatene (PSDB), entre 2011 e 2015.

Nos últimos quatro anos, Tostes Neto tem chefiado a equipe de projetos para o desenvolvimento, processamento, negociação e avaliação da gestão fiscal e subnacional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;