Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Após indiciamento por Brumadinho, Vale diz que analisará conteúdo do inquérito



20/09/2019 | 12:38


A Polícia Federal indiciou, na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da mineradora Vale e seis membros da consultora TÜV SÜD pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos envolvendo a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. As duas empresas também foram indiciadas.

A Vale diz ter tomado conhecimento nesta sexta-feira, 20, dos resultados do inquérito relativo ao rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

A mineradora informou que avaliará detalhadamente o conteúdo do resultado do inquérito antes de fazer qualquer manifestação e que a "empresa e seus executivos continuarão contribuindo com as autoridades e responderão às acusações no momento e ambiente oportunos".

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido um posicionamento da TÜV SÜD.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após indiciamento por Brumadinho, Vale diz que analisará conteúdo do inquérito


20/09/2019 | 12:38


A Polícia Federal indiciou, na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da mineradora Vale e seis membros da consultora TÜV SÜD pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos envolvendo a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. As duas empresas também foram indiciadas.

A Vale diz ter tomado conhecimento nesta sexta-feira, 20, dos resultados do inquérito relativo ao rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

A mineradora informou que avaliará detalhadamente o conteúdo do resultado do inquérito antes de fazer qualquer manifestação e que a "empresa e seus executivos continuarão contribuindo com as autoridades e responderão às acusações no momento e ambiente oportunos".

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido um posicionamento da TÜV SÜD.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;