Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Índia anuncia corte de impostos para impulsionar economia



20/09/2019 | 08:47


O governo da Índia anunciou hoje uma série de medidas, incluindo um corte no imposto corporativo para empresas domésticas, numa tentativa de impulsionar o crescimento econômico do país, que atingiu o menor nível em seis anos.

O imposto para companhias locais foi reduzido de 30% para 22% e novas empresas que tenham condições de começar a produzir nos próximos quatro anos estarão sujeitas a uma taxa 15%, segundo o Ministério de Finanças indiano.

Já para impulsionar a confiança e estabilizar os mercados de capitais, o governo indiano deixará de cobrar uma sobretaxa sobre ganhos de capital oriundos de vendas de ações. A medida se aplica também a investidores estrangeiros.

As iniciativas vão custar ao governo indiano cerca de 1,45 trilhão de rupias (US$ 20,31 bilhões) em receita anualmente.

Analistas dizem que as medidas podem ajudar a transformar a Índia num centro manufatureiro, diante da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Para Rahul Bajoria, economista-chefe do Barclays para a Índia, o anúncio mostra a determinação do governo de impulsionar a economia e ter um regime tributário estável.

A Índia ambiciona se tornar uma economia de US$ 5 trilhões até 2025, mas vários economistas alertam que isso pode ser inviável devido à fraqueza do setor manufatureiro e o fraco consumo interno. O Produto Interno Bruto (PIB) indiano cresceu 5% nos 12 meses até junho, mostrando seu pior desempenho desde 2012. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Índia anuncia corte de impostos para impulsionar economia


20/09/2019 | 08:47


O governo da Índia anunciou hoje uma série de medidas, incluindo um corte no imposto corporativo para empresas domésticas, numa tentativa de impulsionar o crescimento econômico do país, que atingiu o menor nível em seis anos.

O imposto para companhias locais foi reduzido de 30% para 22% e novas empresas que tenham condições de começar a produzir nos próximos quatro anos estarão sujeitas a uma taxa 15%, segundo o Ministério de Finanças indiano.

Já para impulsionar a confiança e estabilizar os mercados de capitais, o governo indiano deixará de cobrar uma sobretaxa sobre ganhos de capital oriundos de vendas de ações. A medida se aplica também a investidores estrangeiros.

As iniciativas vão custar ao governo indiano cerca de 1,45 trilhão de rupias (US$ 20,31 bilhões) em receita anualmente.

Analistas dizem que as medidas podem ajudar a transformar a Índia num centro manufatureiro, diante da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Para Rahul Bajoria, economista-chefe do Barclays para a Índia, o anúncio mostra a determinação do governo de impulsionar a economia e ter um regime tributário estável.

A Índia ambiciona se tornar uma economia de US$ 5 trilhões até 2025, mas vários economistas alertam que isso pode ser inviável devido à fraqueza do setor manufatureiro e o fraco consumo interno. O Produto Interno Bruto (PIB) indiano cresceu 5% nos 12 meses até junho, mostrando seu pior desempenho desde 2012. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;