Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Incêndio em escola mata 26 crianças e 2 professores na Libéria



18/09/2019 | 18:13


Um incêndio em uma escola muçulmana matou 26 crianças e 2 professores em Monróvia, capital da Libéria, na madrugada desta quarta-feira, 18. Segundo a polícia local, o incêndio foi causado por um problema elétrico. O caso ainda está sob investigação.

As crianças e professores estavam dormindo quando o fogo começou, por volta da meia-noite. Os corpos dos alunos, de 10 a 20 anos, ainda não foram identificados. Dois sobreviventes estão internados.

O pastor de uma igreja próxima, Emmanuel Herbert, disse que ele e sua congregação acordaram com o barulho do fogo e pediram ajuda. "Quando olhei pela janela, vi o lugar inteiro ardendo em chamas", afirmou.

Nesta manhã, uma multidão se aglomerou em frente à escola. A polícia teve que abrir espaço para que ambulâncias pudessem passar com os corpos.

Presidente lamentou

O presidente do país africano, George Weah, visitou o local pela manhã. Pelo Twitter, ele lamentou o episódio: "minhas orações vão às famílias das crianças que morrem na noite passada em Paynesville (subúrbio de Monróvia)", disse. "Este é um momento difícil para os parentes e para toda a Libéria". / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Incêndio em escola mata 26 crianças e 2 professores na Libéria


18/09/2019 | 18:13


Um incêndio em uma escola muçulmana matou 26 crianças e 2 professores em Monróvia, capital da Libéria, na madrugada desta quarta-feira, 18. Segundo a polícia local, o incêndio foi causado por um problema elétrico. O caso ainda está sob investigação.

As crianças e professores estavam dormindo quando o fogo começou, por volta da meia-noite. Os corpos dos alunos, de 10 a 20 anos, ainda não foram identificados. Dois sobreviventes estão internados.

O pastor de uma igreja próxima, Emmanuel Herbert, disse que ele e sua congregação acordaram com o barulho do fogo e pediram ajuda. "Quando olhei pela janela, vi o lugar inteiro ardendo em chamas", afirmou.

Nesta manhã, uma multidão se aglomerou em frente à escola. A polícia teve que abrir espaço para que ambulâncias pudessem passar com os corpos.

Presidente lamentou

O presidente do país africano, George Weah, visitou o local pela manhã. Pelo Twitter, ele lamentou o episódio: "minhas orações vão às famílias das crianças que morrem na noite passada em Paynesville (subúrbio de Monróvia)", disse. "Este é um momento difícil para os parentes e para toda a Libéria". / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;