Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Indicados ao Cade serão sabatinados no dia 24 na CAE



18/09/2019 | 16:34


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado sabatina na próxima terça-feira, 24, os quatro indicados ao cargo de conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade): os advogados Lenisa Prado, Luiz Augusto Hoffmann e Sérgio Costa Ravagnani, além do economista Luiz Henrique Bertolino Braido.

De acordo com a assessoria do presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), outros dois indicados serão sabatinados no dia 1º de outubro: o superintendente-geral Alexandre Cordeiro, e o procurador-geral, Walter Agra. Ambos foram apontados pelo presidente Jair Bolsonaro para serem reconduzidos ao cargo.

Na terça-feira, 17, foram lidos na comissão os relatórios de cada um dos indicados e concedidas vistas coletivas - o que é praxe no processo de sabatina. Antes de serem nomeados por Bolsonaro, os indicados precisam da aprovação da CAE e do plenário do Senado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Indicados ao Cade serão sabatinados no dia 24 na CAE


18/09/2019 | 16:34


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado sabatina na próxima terça-feira, 24, os quatro indicados ao cargo de conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade): os advogados Lenisa Prado, Luiz Augusto Hoffmann e Sérgio Costa Ravagnani, além do economista Luiz Henrique Bertolino Braido.

De acordo com a assessoria do presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), outros dois indicados serão sabatinados no dia 1º de outubro: o superintendente-geral Alexandre Cordeiro, e o procurador-geral, Walter Agra. Ambos foram apontados pelo presidente Jair Bolsonaro para serem reconduzidos ao cargo.

Na terça-feira, 17, foram lidos na comissão os relatórios de cada um dos indicados e concedidas vistas coletivas - o que é praxe no processo de sabatina. Antes de serem nomeados por Bolsonaro, os indicados precisam da aprovação da CAE e do plenário do Senado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;