Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Felipe Jonatan topa improvisação com Jorge Sampaoli no Santos: 'Tenho evoluído'

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


18/09/2019 | 13:01


Desde que foi contratado pelo Santos para esta temporada, o técnico argentino Jorge Sampaoli gosta de trabalhar com jogadores versáteis em campo, que jogam em mais de uma posição. Esse é o caso do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, que já atuou como meia e até como ponta em 2019. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, em Santos, o atleta revelou que, apesar de preferir jogar onde se sente mais confortável, a lateral, acredita que seu futuro seja atuando no meio de campo.

"Tenho evoluído na nova posição. Sampaoli fala que tenho mais a dar ali que como lateral. Acho que serei mais aproveitado assim. É o clichê: quero ajudar sempre o Santos, a equipe, na lateral, volante ou qualquer posição. Tentarei ajudar o Santos em busca das vitórias", disse Felipe Jonatan, antes de fazer uma ressalva.

"Eu cresci na lateral esquerda, minha posição é essa. Tenho que evoluir muito, principalmente na defesa, e ele (Sampaoli) fala isso para mim. Minha posição é essa, mas se precisar atuarei em outra posição", prosseguiu o jogador.

Independente de onde for escalado, Felipe Jonatan quer estar em campo diante do Grêmio, neste sábado, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E aposta na humildade para que o time siga firme na briga pela ponta da tabela de classificação. "É a oportunidade para dar sequência no trabalho. Estamos bem, brigamos pelo título. Muitos falam do Palmeiras e Flamengo, mas nós brigamos. É bom assim, na humildade, conquistando pontos dentro e fora de casa para brigar até o fim", afirmou.

Com 37 pontos, o Santos está na terceira colocação, atrás de Flamengo (líder com 42) e Palmeiras (vice com 39). Por isso, o jogo contra o Grêmio é importante para o objetivo santista. Mas Felipe Jonatan revelou que sabe das dificuldades que o time encontrará em campo neste sábado.

"Será jogo difícil, eles estão numa crescente, semifinal da Libertadores. Têm Everton, Alisson e Tardelli na frente. Muita velocidade entre as laterais, professor (Renato Gaúcho) prepara time bem, focado, como foi na semana do Flamengo. Semana antes do Flamengo foi bem focada, não que as outras não tenham sido, mas Flamengo e Grêmio é briga direta pelo título. Grêmio está chegando, é jogo crucial no campeonato", concluiu.

TREINO - Em mais uma atividade nesta quarta-feira, Diego Pituca não foi a campo novamente. O volante sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no treino da última segunda e desfalcou os trabalhos no gramado pelo segundo dia seguido. Ele ficou na parte interna do CT Rei Pelé fazendo fisioterapia e espera voltar a treinar no campo nesta quinta.

Por outro lado, o meia Evandro, que desfalcou o Santos nos dois últimos jogos por causa de um edema na coxa esquerda, está em fase final de transição, mas tem trabalhado normalmente com bola e tem grandes chances de voltar a ser opção para Sampaoli diante do Grêmio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Felipe Jonatan topa improvisação com Jorge Sampaoli no Santos: 'Tenho evoluído'


18/09/2019 | 13:01


Desde que foi contratado pelo Santos para esta temporada, o técnico argentino Jorge Sampaoli gosta de trabalhar com jogadores versáteis em campo, que jogam em mais de uma posição. Esse é o caso do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, que já atuou como meia e até como ponta em 2019. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, em Santos, o atleta revelou que, apesar de preferir jogar onde se sente mais confortável, a lateral, acredita que seu futuro seja atuando no meio de campo.

"Tenho evoluído na nova posição. Sampaoli fala que tenho mais a dar ali que como lateral. Acho que serei mais aproveitado assim. É o clichê: quero ajudar sempre o Santos, a equipe, na lateral, volante ou qualquer posição. Tentarei ajudar o Santos em busca das vitórias", disse Felipe Jonatan, antes de fazer uma ressalva.

"Eu cresci na lateral esquerda, minha posição é essa. Tenho que evoluir muito, principalmente na defesa, e ele (Sampaoli) fala isso para mim. Minha posição é essa, mas se precisar atuarei em outra posição", prosseguiu o jogador.

Independente de onde for escalado, Felipe Jonatan quer estar em campo diante do Grêmio, neste sábado, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E aposta na humildade para que o time siga firme na briga pela ponta da tabela de classificação. "É a oportunidade para dar sequência no trabalho. Estamos bem, brigamos pelo título. Muitos falam do Palmeiras e Flamengo, mas nós brigamos. É bom assim, na humildade, conquistando pontos dentro e fora de casa para brigar até o fim", afirmou.

Com 37 pontos, o Santos está na terceira colocação, atrás de Flamengo (líder com 42) e Palmeiras (vice com 39). Por isso, o jogo contra o Grêmio é importante para o objetivo santista. Mas Felipe Jonatan revelou que sabe das dificuldades que o time encontrará em campo neste sábado.

"Será jogo difícil, eles estão numa crescente, semifinal da Libertadores. Têm Everton, Alisson e Tardelli na frente. Muita velocidade entre as laterais, professor (Renato Gaúcho) prepara time bem, focado, como foi na semana do Flamengo. Semana antes do Flamengo foi bem focada, não que as outras não tenham sido, mas Flamengo e Grêmio é briga direta pelo título. Grêmio está chegando, é jogo crucial no campeonato", concluiu.

TREINO - Em mais uma atividade nesta quarta-feira, Diego Pituca não foi a campo novamente. O volante sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no treino da última segunda e desfalcou os trabalhos no gramado pelo segundo dia seguido. Ele ficou na parte interna do CT Rei Pelé fazendo fisioterapia e espera voltar a treinar no campo nesta quinta.

Por outro lado, o meia Evandro, que desfalcou o Santos nos dois últimos jogos por causa de um edema na coxa esquerda, está em fase final de transição, mas tem trabalhado normalmente com bola e tem grandes chances de voltar a ser opção para Sampaoli diante do Grêmio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;