Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Queniano Geoffrey Kamworor bate recorde mundial da meia maratona



15/09/2019 | 19:20


O corredor queniano Geoffrey Kamworor quebrou o recorde mundial da prova de meia maratona neste domingo, durante prova disputada em Copenhague, na Dinamarca. Ele superou a antiga marca por 17 segundos ao completar a distância em 58min01s. O recorde anterior, de 58s18, pertencia ao seu compatriota Abraham Kiptum, que obteve a marca em Valência, na Espanha, no ano passado.

Até então, a melhor marca pessoal de Kamworor era 58min54s. Aos 26 anos, ele vem dominando a distância nas últimas temporadas, com direito a três títulos mundiais. O queniano também se destaca na prova dos 10.000 metros.

"É muito emocionante para mim conseguir esse recorde. E fazer isso em Copenhague, onde conquistei meu primeiro título mundial, acrescenta algo especial a esta conquista", comemorou o corredor.

Neste domingo, Kamworor soube tirar vantagem das condições climáticas da capital dinamarquesa. Sob temperatura baixa e até chuva mais forte no início da corrida, ele passou a impor forte ritmo na prova a partir do 15º quilômetro e não foi mais alcançado pelos adversários.

O pódio da prova foi totalmente africano. O também queniano Bernard Kipkorir chegou em segundo lugar, com o tempo de 59min16s, seguido pelo etíope Berehanu Wendemu, com 59min22s.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Queniano Geoffrey Kamworor bate recorde mundial da meia maratona


15/09/2019 | 19:20


O corredor queniano Geoffrey Kamworor quebrou o recorde mundial da prova de meia maratona neste domingo, durante prova disputada em Copenhague, na Dinamarca. Ele superou a antiga marca por 17 segundos ao completar a distância em 58min01s. O recorde anterior, de 58s18, pertencia ao seu compatriota Abraham Kiptum, que obteve a marca em Valência, na Espanha, no ano passado.

Até então, a melhor marca pessoal de Kamworor era 58min54s. Aos 26 anos, ele vem dominando a distância nas últimas temporadas, com direito a três títulos mundiais. O queniano também se destaca na prova dos 10.000 metros.

"É muito emocionante para mim conseguir esse recorde. E fazer isso em Copenhague, onde conquistei meu primeiro título mundial, acrescenta algo especial a esta conquista", comemorou o corredor.

Neste domingo, Kamworor soube tirar vantagem das condições climáticas da capital dinamarquesa. Sob temperatura baixa e até chuva mais forte no início da corrida, ele passou a impor forte ritmo na prova a partir do 15º quilômetro e não foi mais alcançado pelos adversários.

O pódio da prova foi totalmente africano. O também queniano Bernard Kipkorir chegou em segundo lugar, com o tempo de 59min16s, seguido pelo etíope Berehanu Wendemu, com 59min22s.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;