Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Os jingles que os militares interromperam

No rádio, o tempo da política artesanal, de Jânio x Adhemar, das marchinhas que faziam sucesso nos comícios pelo Brasil afora


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

14/09/2019 | 07:00


“Aí já vem o Lauro, pra São Bernardo governar, nós queremos Lauro Gomes, pra prefeito ele voltar.”

(Composição de Névio Carlone gravada por Gessi Soares de Lima para a campanha eleitoral de Lauro Gomes de Almeida na campanha municipal de 1959, tipicamente local, e quanto sucesso fez).

‘Zé Caetano’, o autonomista criado por Jayme Patrão que a cidade esqueceu. 

Nas três últimas edições, incluindo-se a deste sábado, o jornalista e radialista Milton Parron recheou o seu programa Memória com ingles eleitorais inaugurados em 1919 – há um século. Uma pesquisa de fôlego de um tempo em que os meios de comunicação viviam a era artesanal.

Slogans que pegaram, outros que se perderam pelo tempo, todos – ou quase todos – de fácil assimilação. Quem não ouviu os programas, deve recuperá-los na internet e observar o trabalho de muitos compositores e cantores famosos, entre os quais Nelson Gonçalves e Francisco Alves.

No Brasil de JK e do populismo dizia-se: o País vai seguindo, trôpego, mas pior seria se fosse dirigido por militares. Veio o regime, as marchinhas eleitorais rarearam, ressurgindo quando da redemocratização do País. E este terceiro programa de Parron focalizará, exatamente, o período mais contemporâneo da nossa política. Ouçam.

Nas ondas do rádio

Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) –  Memória. Jingles – III de uma série. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, depois do futebol noturno, com reprise amanhã, às 5h. E na internet em bandeirantes.com.br – No ar.

Em 14 de setembro de...

1914 – I Guerra. Manchete do Estadão: a retirada dos alemães; os russos avançam na Galicia.

Chegada do paquete inglês ‘Alcântara’ amanhã, no Rio, traz grande número de brasileiros que se achavam nos países conflagrados.

1919 – Quebra o pau nas Colônias de São Bernardo. Numa venda da Linha Galvão Bueno, trecho do atual bairro Demarchi, lavradores agridem-se mutuamente. Saem feridos: José Mourão, Américo Molon e José Morassi.

O delegado Henrique Villaboim instaura inquérito e envia os feridos a São Paulo para exames no Gabinete Médico Legal.

1939 – II Guerra. Manchete do Estadão: iminente tomada de Saarbrücken (na Alemanha) pelas tropas francesas.

1959 – A gravação italiana da ópera O Guarani, de Carlos Gomes, como prefixo e sufixo do programa A Voz do Brasil, da Agência Nacional, ganha uma nova versão. Será substituída por outra, feita no Theatro Municipal de São Paulo e que contou com a participação do maestro Armando Belardi. A obra foi gravada em dois meses.

1974 – Entra em operação a primeira linha de Metrô no Brasil, em São Paulo: de Vila Mariana ao Jabaquara, numa distância de sete quilômetros.

2014 –  São Bernardo entrega, restaurado, o casarão da autonomia, onde morou o líder Wallace Simonsen, na Chácara Silvestre.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 14 de setembro de 1989 – ano 32, edição 7170

Manchete – Câmara dos Deputados derrota Collor e aprova cédula mista (espaço em branco na parte superior para colocação do nome do candidato e, na parte inferior, os nomes impressos de todos).

Saneamento – Sabesp retoma obra de construção da Estação de Tratamento de Esgotos ABC, após oito anos de completa paralisação e abandono. A primeira fase prometida para o final de 1991.

Recursos Humanos –  Aberto em São Caetano o I Congresso sobre RH-ABC, organizado pela Associação Paulista de Profissionais de Recursos Humanos da região.

Futebol – No Bruno Daniel, Santo André 0, Novorizontino 0, pela primeira fase da Divisão Especial do Campeonato Brasileiro.

Hoje

- Dia do Frevo

Santos do dia

- Noteburga

- Rósula

- A Igreja celebra a festa da ‘Exaltação da Santa Cruz’. A festa se liga à dedicação de duas basílicas construídas em Jerusalém. Uma das basílicas foi erigida no lugar em que Jesus Cristo foi sepultado.

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 14 de setembro:

-Em São Paulo, Presidente Prudente. Fundado em 14 de setembro de 1917 e emancipado em 1921, quando se separa de Santa Cruz do Rio Pardo. 

- No Paraná, Andirá e Pérola

- No Rio de Janeiro, Laje do Muriaé

- Em Minas Gerais, Malacacheta

- Em Alagoas, Olho d’Água do Casado</CW>

- Na Paraíba, Pilar

- No Mato Grosso, Sinop

- No Rio Grande do Sul, Viamão

Fonte: IBGE.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Os jingles que os militares interromperam

No rádio, o tempo da política artesanal, de Jânio x Adhemar, das marchinhas que faziam sucesso nos comícios pelo Brasil afora

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

14/09/2019 | 07:00


“Aí já vem o Lauro, pra São Bernardo governar, nós queremos Lauro Gomes, pra prefeito ele voltar.”

(Composição de Névio Carlone gravada por Gessi Soares de Lima para a campanha eleitoral de Lauro Gomes de Almeida na campanha municipal de 1959, tipicamente local, e quanto sucesso fez).

‘Zé Caetano’, o autonomista criado por Jayme Patrão que a cidade esqueceu. 

Nas três últimas edições, incluindo-se a deste sábado, o jornalista e radialista Milton Parron recheou o seu programa Memória com ingles eleitorais inaugurados em 1919 – há um século. Uma pesquisa de fôlego de um tempo em que os meios de comunicação viviam a era artesanal.

Slogans que pegaram, outros que se perderam pelo tempo, todos – ou quase todos – de fácil assimilação. Quem não ouviu os programas, deve recuperá-los na internet e observar o trabalho de muitos compositores e cantores famosos, entre os quais Nelson Gonçalves e Francisco Alves.

No Brasil de JK e do populismo dizia-se: o País vai seguindo, trôpego, mas pior seria se fosse dirigido por militares. Veio o regime, as marchinhas eleitorais rarearam, ressurgindo quando da redemocratização do País. E este terceiro programa de Parron focalizará, exatamente, o período mais contemporâneo da nossa política. Ouçam.

Nas ondas do rádio

Bandeirantes AM (840) e FM (90,9) –  Memória. Jingles – III de uma série. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, depois do futebol noturno, com reprise amanhã, às 5h. E na internet em bandeirantes.com.br – No ar.

Em 14 de setembro de...

1914 – I Guerra. Manchete do Estadão: a retirada dos alemães; os russos avançam na Galicia.

Chegada do paquete inglês ‘Alcântara’ amanhã, no Rio, traz grande número de brasileiros que se achavam nos países conflagrados.

1919 – Quebra o pau nas Colônias de São Bernardo. Numa venda da Linha Galvão Bueno, trecho do atual bairro Demarchi, lavradores agridem-se mutuamente. Saem feridos: José Mourão, Américo Molon e José Morassi.

O delegado Henrique Villaboim instaura inquérito e envia os feridos a São Paulo para exames no Gabinete Médico Legal.

1939 – II Guerra. Manchete do Estadão: iminente tomada de Saarbrücken (na Alemanha) pelas tropas francesas.

1959 – A gravação italiana da ópera O Guarani, de Carlos Gomes, como prefixo e sufixo do programa A Voz do Brasil, da Agência Nacional, ganha uma nova versão. Será substituída por outra, feita no Theatro Municipal de São Paulo e que contou com a participação do maestro Armando Belardi. A obra foi gravada em dois meses.

1974 – Entra em operação a primeira linha de Metrô no Brasil, em São Paulo: de Vila Mariana ao Jabaquara, numa distância de sete quilômetros.

2014 –  São Bernardo entrega, restaurado, o casarão da autonomia, onde morou o líder Wallace Simonsen, na Chácara Silvestre.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 14 de setembro de 1989 – ano 32, edição 7170

Manchete – Câmara dos Deputados derrota Collor e aprova cédula mista (espaço em branco na parte superior para colocação do nome do candidato e, na parte inferior, os nomes impressos de todos).

Saneamento – Sabesp retoma obra de construção da Estação de Tratamento de Esgotos ABC, após oito anos de completa paralisação e abandono. A primeira fase prometida para o final de 1991.

Recursos Humanos –  Aberto em São Caetano o I Congresso sobre RH-ABC, organizado pela Associação Paulista de Profissionais de Recursos Humanos da região.

Futebol – No Bruno Daniel, Santo André 0, Novorizontino 0, pela primeira fase da Divisão Especial do Campeonato Brasileiro.

Hoje

- Dia do Frevo

Santos do dia

- Noteburga

- Rósula

- A Igreja celebra a festa da ‘Exaltação da Santa Cruz’. A festa se liga à dedicação de duas basílicas construídas em Jerusalém. Uma das basílicas foi erigida no lugar em que Jesus Cristo foi sepultado.

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 14 de setembro:

-Em São Paulo, Presidente Prudente. Fundado em 14 de setembro de 1917 e emancipado em 1921, quando se separa de Santa Cruz do Rio Pardo. 

- No Paraná, Andirá e Pérola

- No Rio de Janeiro, Laje do Muriaé

- Em Minas Gerais, Malacacheta

- Em Alagoas, Olho d’Água do Casado</CW>

- Na Paraíba, Pilar

- No Mato Grosso, Sinop

- No Rio Grande do Sul, Viamão

Fonte: IBGE.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;