Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Incêndio atinge hospital na Tijuca; pacientes são retirados às pressas



12/09/2019 | 20:42


Um incêndio atinge o Hospital Badim, na rua São Francisco Xavier, no Maracanã (zona norte do Rio), na noite desta quinta-feira, 12. Até as 19 horas, não havia informações sobre feridos nem sobre a origem das chamas na unidade particular, que é referência nessa região.

Segundo funcionários relataram à polícia e publicações nas redes sociais, o incêndio teria começado por volta de 18h15, em um prédio antigo onde funcionava o setor de laboratórios. Pacientes que estavam internados em áreas próximas tiveram de ser retirados às pressas.

Em frente ao prédio, colchões foram espalhados e familiares de pacientes, apreensivos, se aglomeravam para obter informações. Equipes do Corpo de Bombeiros dos quartéis da Tijuca e de Vila Isabel (ambos bairros da zona norte) atuam no combate ao fogo.

De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, pelo menos 12 viaturas foram enviadas ao local com homens de 4 quartéis das imediações.

O Corpo de Bombeiros destacou que não há focos de incêndio remanescentes, mas que a densa fumaça dificulta o trabalho de rescaldo.

A unidade, que faz parte do grupo Rede D'Or São Luiz, foi fundada há 19 anos. O complexo tem 15,7 mil m² de área construída, unidade de tratamento intensivo (UTI), centro cirúrgico e uma equipe com mais de 60 médicos.

Em junho, hospital de SP pegou fogo após problema em ar-condicionado

Em 28 de junho, a cobertura do prédio do Hospital do Coração (HCor), no Paraíso, zona sul de São Paulo, também teve um incêndio. As chamas foram controladas rapidamente, mas parte dos pacientes teve de ser transferida para outra unidade do HCor e acompanhantes também precisaram deixar o edifício. Não houve vítimas.

As chamas atingiram resfriadores de ar-condicionado na cobertura do edifício. A própria brigada de incêndio do próprio hospital combateu o fogo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Incêndio atinge hospital na Tijuca; pacientes são retirados às pressas


12/09/2019 | 20:42


Um incêndio atinge o Hospital Badim, na rua São Francisco Xavier, no Maracanã (zona norte do Rio), na noite desta quinta-feira, 12. Até as 19 horas, não havia informações sobre feridos nem sobre a origem das chamas na unidade particular, que é referência nessa região.

Segundo funcionários relataram à polícia e publicações nas redes sociais, o incêndio teria começado por volta de 18h15, em um prédio antigo onde funcionava o setor de laboratórios. Pacientes que estavam internados em áreas próximas tiveram de ser retirados às pressas.

Em frente ao prédio, colchões foram espalhados e familiares de pacientes, apreensivos, se aglomeravam para obter informações. Equipes do Corpo de Bombeiros dos quartéis da Tijuca e de Vila Isabel (ambos bairros da zona norte) atuam no combate ao fogo.

De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, pelo menos 12 viaturas foram enviadas ao local com homens de 4 quartéis das imediações.

O Corpo de Bombeiros destacou que não há focos de incêndio remanescentes, mas que a densa fumaça dificulta o trabalho de rescaldo.

A unidade, que faz parte do grupo Rede D'Or São Luiz, foi fundada há 19 anos. O complexo tem 15,7 mil m² de área construída, unidade de tratamento intensivo (UTI), centro cirúrgico e uma equipe com mais de 60 médicos.

Em junho, hospital de SP pegou fogo após problema em ar-condicionado

Em 28 de junho, a cobertura do prédio do Hospital do Coração (HCor), no Paraíso, zona sul de São Paulo, também teve um incêndio. As chamas foram controladas rapidamente, mas parte dos pacientes teve de ser transferida para outra unidade do HCor e acompanhantes também precisaram deixar o edifício. Não houve vítimas.

As chamas atingiram resfriadores de ar-condicionado na cobertura do edifício. A própria brigada de incêndio do próprio hospital combateu o fogo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;