Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradora do Sítio dos Vianas reclama de problemas no esgoto

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Munícipe alega que solicita, desde 2014, melhorias no sistema


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

11/09/2019 | 07:00


 A comerciante Selma Maria da Silva, 54 anos, mora há 23 anos na Rua da Vargem, no Sítio dos Vianas, em Santo André. Há cinco anos, a moradora pede que o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realize a troca da tubulação do esgoto, que, segundo ela, entope com frequência e abre buracos no asfalto. Selma abriu processo na autarquia e chegou a receber, em 2014, a planta de projeto que previa obras de drenagem, mas nada foi executado.

Na semana passada, uma depressão que vinha se acentuando há um ano em frente à sua residência – onde também funciona sua pequena loja – se transformou em um grande buraco. De acordo com a moradora, há mais de um ano, foi identificado entupimento entre o imóvel dela e o do vizinho, mas houve demora no reparo por parte do Semasa. “O desnível era tão grande que os carros que passavam batiam o parachoque e o escapamento”, explicou. Uma equipe do Semasa esteve no local e colocou tampa de metal, o que aumentou a insatisfação da moradora. “Além do buraco, o barulho com essa chapa não deixa ninguém dormir”.

O Semasa informou, por meio de nota, que foi realizada sondagem e reparo da rede de esgoto na segunda-feira, e que a reposição do asfalto será feita até o próximo dia 23. Sobre o processo aberto em 2014, a autarquia explicou que já foi esclarecido para a moradora que a rede de esgoto não estava subdimensionada , ou seja, não havia necessidade da substituição da atual tubulação. 

“Posteriormente a isso, já houve atuação da fiscalização da autarquia em diversas oportunidades para coibir o lançamento irregular nas redes, sendo este o problema que sobrecarrega as tubulações. O Semasa ressalta que é necessário que os imóveis vizinhos não lancem a água da chuva na rede de esgoto”, completou o comunicado. A tampa de metal era provisória e foi retirada. Segundo a autarquia, no local não há histórico de insuficiência da capacidade da rede de drenagem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradora do Sítio dos Vianas reclama de problemas no esgoto

Munícipe alega que solicita, desde 2014, melhorias no sistema

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

11/09/2019 | 07:00


 A comerciante Selma Maria da Silva, 54 anos, mora há 23 anos na Rua da Vargem, no Sítio dos Vianas, em Santo André. Há cinco anos, a moradora pede que o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realize a troca da tubulação do esgoto, que, segundo ela, entope com frequência e abre buracos no asfalto. Selma abriu processo na autarquia e chegou a receber, em 2014, a planta de projeto que previa obras de drenagem, mas nada foi executado.

Na semana passada, uma depressão que vinha se acentuando há um ano em frente à sua residência – onde também funciona sua pequena loja – se transformou em um grande buraco. De acordo com a moradora, há mais de um ano, foi identificado entupimento entre o imóvel dela e o do vizinho, mas houve demora no reparo por parte do Semasa. “O desnível era tão grande que os carros que passavam batiam o parachoque e o escapamento”, explicou. Uma equipe do Semasa esteve no local e colocou tampa de metal, o que aumentou a insatisfação da moradora. “Além do buraco, o barulho com essa chapa não deixa ninguém dormir”.

O Semasa informou, por meio de nota, que foi realizada sondagem e reparo da rede de esgoto na segunda-feira, e que a reposição do asfalto será feita até o próximo dia 23. Sobre o processo aberto em 2014, a autarquia explicou que já foi esclarecido para a moradora que a rede de esgoto não estava subdimensionada , ou seja, não havia necessidade da substituição da atual tubulação. 

“Posteriormente a isso, já houve atuação da fiscalização da autarquia em diversas oportunidades para coibir o lançamento irregular nas redes, sendo este o problema que sobrecarrega as tubulações. O Semasa ressalta que é necessário que os imóveis vizinhos não lancem a água da chuva na rede de esgoto”, completou o comunicado. A tampa de metal era provisória e foi retirada. Segundo a autarquia, no local não há histórico de insuficiência da capacidade da rede de drenagem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;