Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Preta Gil estreia ‘stand-up’ hoje à noite em teatro na Capital


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

11/09/2019 | 07:55


A atriz e cantora Preta Gil tem personalidade irreverente. Prova disso é que estreia hoje, às 21h, no Theatro Net (Rua Olimpíadas, 36), em São Paulo, o stand up Mais Preta Que Nunca. A apresentação, que se repete amanhã, no mesmo horário, faz retrospecto dos seus 45 anos de vida e 17 de carreira e, de maneira humorada, lembra histórias e canções que a acompanharam durante essa trajetória. A direção é de seu ex-marido, o ator e diretor Otávio Muller, pai de seu filho Francisco Gil.

A cantora, que interage o tempo todo com a plateia, fez questão de estar acompanhada de uma banda formada só por mulheres, com Zinha Franco no baixo, Flávia Belchior na percussão e bateria, e Taís Feijão no violão e guitarra. Com elas, cantará as canções sucessos como Sinais de Fogo e Vá se Benzer, uma seleção de hits de várias épocas que inclui Frenéticas, Gretchen, Menudo, RPM, Paralamas do Sucesso, Blitz e Gilberto Gil, entre outros. Os ingressos custam de R$ 40 a R$ 100 e podem ser comprados em www.sympla.com.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Preta Gil estreia ‘stand-up’ hoje à noite em teatro na Capital

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

11/09/2019 | 07:55


A atriz e cantora Preta Gil tem personalidade irreverente. Prova disso é que estreia hoje, às 21h, no Theatro Net (Rua Olimpíadas, 36), em São Paulo, o stand up Mais Preta Que Nunca. A apresentação, que se repete amanhã, no mesmo horário, faz retrospecto dos seus 45 anos de vida e 17 de carreira e, de maneira humorada, lembra histórias e canções que a acompanharam durante essa trajetória. A direção é de seu ex-marido, o ator e diretor Otávio Muller, pai de seu filho Francisco Gil.

A cantora, que interage o tempo todo com a plateia, fez questão de estar acompanhada de uma banda formada só por mulheres, com Zinha Franco no baixo, Flávia Belchior na percussão e bateria, e Taís Feijão no violão e guitarra. Com elas, cantará as canções sucessos como Sinais de Fogo e Vá se Benzer, uma seleção de hits de várias épocas que inclui Frenéticas, Gretchen, Menudo, RPM, Paralamas do Sucesso, Blitz e Gilberto Gil, entre outros. Os ingressos custam de R$ 40 a R$ 100 e podem ser comprados em www.sympla.com.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;