Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atila chega na prefeitura de Mauá e é recebido ao som de fogos de artifício

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cerca de 60 pessoas entre simpatizantes e ex-funcionários receberam o prefeito


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

10/09/2019 | 10:21


Ao som de fogos de artifício, o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), é recebido com festa no prédio da Prefeitura para tomar posse como chefe do Executivo da cidade. 

Cerca de 60 pessoas entre simpatizantes e ex-funcionários receberam o prefeito. Ele apenas acenou do carro e entrou na garagem reservada ao chefe do Executivo.


Ex-secretários da gestão Alaíde Damo (MDB), que comandou a cidade durante afastamento do socialista, já chegaram para participar de reunião de transição com futuros secretários de Atila. 

Por volta das 10h40 o prefeito liberou a entrada no Paço de todas as pessoas que aguardavam do lado de fora do gabinete. Atila deve participar de coletiva de imprensa às 16h30 e prometeu responder todas as perguntas dos jornalistas.

Admir afirma sondagem para ser secretário de Governo de Atila 

Vereador e pai do prefeito Atila Jacomussi (PSB), Admir Jacomussi (PRP), confirmou sondagem para ser secretário de Governo da gestão de Atila.
Ainda que tenha afastado a intenção em um primeiro momento, Admir disse que chegou a conversar com Atila sobre a possibilidade.

“Acredito que primeiramente tenha que apaziguar a situação com a Câmara. Depois de ter concluído isso, aí posso assumir como secretário de Governo”, disse Admir quando chegava para a posse do filho.

Atila afirmou ao Diário, ontem, que pretende retomar conversas com o Legislativo. Quando sofreu processo de impeachment, no dia 18 de abril desse ano, 16 vereadores foram favoráveis ao afastamento do socialista. Apenas cinco foram contrários, um se absteve e outro se ausentou.

Admir acredita que poderá retornar os diálogos com a Câmara, já que alguns vereadores estariam revendo a decisão tomada durante o impeachment.
“Conversei com sete ou oito vereadores e senti que estão revendo suas decisões. A Prefeitura precisa seguir em frente”, afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atila chega na prefeitura de Mauá e é recebido ao som de fogos de artifício

Cerca de 60 pessoas entre simpatizantes e ex-funcionários receberam o prefeito

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

10/09/2019 | 10:21


Ao som de fogos de artifício, o prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), é recebido com festa no prédio da Prefeitura para tomar posse como chefe do Executivo da cidade. 

Cerca de 60 pessoas entre simpatizantes e ex-funcionários receberam o prefeito. Ele apenas acenou do carro e entrou na garagem reservada ao chefe do Executivo.


Ex-secretários da gestão Alaíde Damo (MDB), que comandou a cidade durante afastamento do socialista, já chegaram para participar de reunião de transição com futuros secretários de Atila. 

Por volta das 10h40 o prefeito liberou a entrada no Paço de todas as pessoas que aguardavam do lado de fora do gabinete. Atila deve participar de coletiva de imprensa às 16h30 e prometeu responder todas as perguntas dos jornalistas.

Admir afirma sondagem para ser secretário de Governo de Atila 

Vereador e pai do prefeito Atila Jacomussi (PSB), Admir Jacomussi (PRP), confirmou sondagem para ser secretário de Governo da gestão de Atila.
Ainda que tenha afastado a intenção em um primeiro momento, Admir disse que chegou a conversar com Atila sobre a possibilidade.

“Acredito que primeiramente tenha que apaziguar a situação com a Câmara. Depois de ter concluído isso, aí posso assumir como secretário de Governo”, disse Admir quando chegava para a posse do filho.

Atila afirmou ao Diário, ontem, que pretende retomar conversas com o Legislativo. Quando sofreu processo de impeachment, no dia 18 de abril desse ano, 16 vereadores foram favoráveis ao afastamento do socialista. Apenas cinco foram contrários, um se absteve e outro se ausentou.

Admir acredita que poderá retornar os diálogos com a Câmara, já que alguns vereadores estariam revendo a decisão tomada durante o impeachment.
“Conversei com sete ou oito vereadores e senti que estão revendo suas decisões. A Prefeitura precisa seguir em frente”, afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;