Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

No Twitter, Trump volta a atacar Fed e cita corte do compulsório na China

Agência Brasil/Reuters Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


07/09/2019 | 13:02


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) pelo Twitter na madrugada deste sábado. Em sua rede social, ele também afirmou que as tarifas impostas sobre a China têm funcionado e feito com que o gigante asiático precise de programas de estímulo para a economia.

"A China acaba de implantar um grande programa de estímulo. Com todas as tarifas que ELES estão pagando aos EUA, bilhões e bilhões de dólares, eles precisam!", escreveu Trump. "Enquanto isso, nosso Federal Reserve (Fed, o banco central americano) se senta e não faz NADA!", completou.

Trump se referiu ao anúncio do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês), que informou na sexta-feira que reduzirá os compulsórios bancários em 0,50 ponto porcentual. Para bancos menores, o PBoC cortará o compulsório em 1 ponto porcentual, com o objetivo de impulsionar empréstimos para empresas pequenas e do setor privado.

O presidente norte-americano vem tentando pressionar o Fed a cortar juros mais agressivamente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

No Twitter, Trump volta a atacar Fed e cita corte do compulsório na China


07/09/2019 | 13:02


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) pelo Twitter na madrugada deste sábado. Em sua rede social, ele também afirmou que as tarifas impostas sobre a China têm funcionado e feito com que o gigante asiático precise de programas de estímulo para a economia.

"A China acaba de implantar um grande programa de estímulo. Com todas as tarifas que ELES estão pagando aos EUA, bilhões e bilhões de dólares, eles precisam!", escreveu Trump. "Enquanto isso, nosso Federal Reserve (Fed, o banco central americano) se senta e não faz NADA!", completou.

Trump se referiu ao anúncio do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês), que informou na sexta-feira que reduzirá os compulsórios bancários em 0,50 ponto porcentual. Para bancos menores, o PBoC cortará o compulsório em 1 ponto porcentual, com o objetivo de impulsionar empréstimos para empresas pequenas e do setor privado.

O presidente norte-americano vem tentando pressionar o Fed a cortar juros mais agressivamente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;