Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Giro por Nova York

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Considerada capital do mundo, a superlativa Nova York é enorme caldeirão de cores, aromas, gostos e culturas


Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

05/09/2019 | 07:00


 Cada turista tem um olhar único do destino e os fotógrafos conseguem aproveitar a experiência da forma mais artística possível. Celso Luiz, do Diário, fez as imagens desta página em sua segunda visita a Nova York, em agosto. Em 2018, também foi no verão. “Gosto porque é a cidade mais cosmopolita que tem. Acredito que nunca será possível conhecer Nova York por completo. Sempre vai faltar algo para ver.”

O ponto turístico mais interessante para o fotógrafo é a Time Square, área formada na confluência e cruzamento das avenidas Broadway com a 7ª. “Os painéis gigantescos são inacreditáveis”, conta Luiz, que ficou hospedado perto do Central Park, no hostel Hi NYC Hostel (cinco diárias por cerca de R$ 1.000). Dica é sentar em um food truck e pedir por um lamb over rice (arroz com carne de cordeiro). Nada mais nova-iorquino.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Giro por Nova York

Considerada capital do mundo, a superlativa Nova York é enorme caldeirão de cores, aromas, gostos e culturas

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

05/09/2019 | 07:00


 Cada turista tem um olhar único do destino e os fotógrafos conseguem aproveitar a experiência da forma mais artística possível. Celso Luiz, do Diário, fez as imagens desta página em sua segunda visita a Nova York, em agosto. Em 2018, também foi no verão. “Gosto porque é a cidade mais cosmopolita que tem. Acredito que nunca será possível conhecer Nova York por completo. Sempre vai faltar algo para ver.”

O ponto turístico mais interessante para o fotógrafo é a Time Square, área formada na confluência e cruzamento das avenidas Broadway com a 7ª. “Os painéis gigantescos são inacreditáveis”, conta Luiz, que ficou hospedado perto do Central Park, no hostel Hi NYC Hostel (cinco diárias por cerca de R$ 1.000). Dica é sentar em um food truck e pedir por um lamb over rice (arroz com carne de cordeiro). Nada mais nova-iorquino.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;