Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Você fica uma pessoa mais retraída?, diz Whindersson Nunes sobre depressão



04/09/2019 | 12:50


Aproveitando o "Setembro Amarelo", mês de prevenção ao suicídio, Whindersson Nunes fez uma série de vídeos no Instagram para explicar o que viveu quando estava em depressão. Com 33,4 milhões de seguidores só nessa rede social, o humorista explicou que "problemas psicológicos sempre são assuntos difíceis".

Em julho, o humorista comemorou a melhora no quadro de depressão em entrevista ao Fantástico, da TV Globo. Para Whindersson, o assunto é pessoal e leva em conta o modo como você aprendeu a lidar com as emoções e a sua história familiar.

"Às vezes, a pessoa vem e fala: 'Ah, porque o pai dele batia nele e ele tem trauma'. Daí, outra pessoa vem e fala: 'Mas meu pai me também me batia e não tenho trauma'. Mas é porque você não é filho do pai dele, ué. E, às vezes, essa pessoa tem outro problema que a outra pessoa não tem. São coisas pessoais", afirmou.

O humorista avalia que, pelo fato de as pessoas não saberem lidar com quem está com depressão, o paciente acaba se isolando: "e você fica uma pessoa mais retraída, sabe? 'Ah, não vou não, não quero ir não'. Eu não sou festeiro e ontem eu saí. Foi tão legal, tão bacana! Às vezes, os momentos podem ser surpreendentes".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Você fica uma pessoa mais retraída?, diz Whindersson Nunes sobre depressão


04/09/2019 | 12:50


Aproveitando o "Setembro Amarelo", mês de prevenção ao suicídio, Whindersson Nunes fez uma série de vídeos no Instagram para explicar o que viveu quando estava em depressão. Com 33,4 milhões de seguidores só nessa rede social, o humorista explicou que "problemas psicológicos sempre são assuntos difíceis".

Em julho, o humorista comemorou a melhora no quadro de depressão em entrevista ao Fantástico, da TV Globo. Para Whindersson, o assunto é pessoal e leva em conta o modo como você aprendeu a lidar com as emoções e a sua história familiar.

"Às vezes, a pessoa vem e fala: 'Ah, porque o pai dele batia nele e ele tem trauma'. Daí, outra pessoa vem e fala: 'Mas meu pai me também me batia e não tenho trauma'. Mas é porque você não é filho do pai dele, ué. E, às vezes, essa pessoa tem outro problema que a outra pessoa não tem. São coisas pessoais", afirmou.

O humorista avalia que, pelo fato de as pessoas não saberem lidar com quem está com depressão, o paciente acaba se isolando: "e você fica uma pessoa mais retraída, sabe? 'Ah, não vou não, não quero ir não'. Eu não sou festeiro e ontem eu saí. Foi tão legal, tão bacana! Às vezes, os momentos podem ser surpreendentes".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;