Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em jogo fraco, Criciúma e Ponte Preta empatam sem gols na Série B



03/09/2019 | 23:43


Apesar de brigarem em pontas opostas da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, Criciúma e Ponte Preta fizeram um jogo equilibrado no estádio Heriberto Hülse, na noite desta terça-feira, em Criciúma, pela 21ª rodada, e ficaram no empate sem gols.

Com o resultado, o Criciúma chegou a 23 pontos, na 15ª colocação, com apenas dois pontos a mais do que o Vila Nova, primeiro time dentro da zona do rebaixamento. A Ponte Preta, na sexta posição, com 31 pontos, perdeu a chance de entrar no G4, já que tem apenas um ponto a menos do que o quarto colocado Sport. No entanto, todos os times acima da Ponte ainda jogam no complemento da rodada.

A primeira etapa foi de poucas emoções. Os dois times entraram em campo com posturas defensivas e mais preocupados em não serem agredidos do que na busca pelo gol que abriria o placar.

Com muitos erros de passe e marcação dura dos dois times, abusando das faltas, o resultado até o intervalo não poderia ser diferente do 0 a 0. Os dois goleiros praticamente não trabalharam até o final do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo melhorou e o Criciúma pressionou, passando perto de abrir o placar com Vinícius, que aproveitou escanteio para desviar de cabeça e exigiu bela defesa de Ygor Vinhas.

A bola parada era a arma mais perigosa do time da casa que também assustou com Sandro, novamente aproveitando escanteio para exigir bela defesa do goleiro da Ponte.

Mesmo assim, o time da casa não conseguiu superar a defesa adversária. Fechada, a Ponte Preta se mostrou satisfeita com o resultado e se segurou como pôde até o apito final para garantir o empate fora de casa.

O Criciúma volta a campo na próxima terça-feira, quando enfrenta o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 22ª rodada da Série B. Na quinta-feira, dia 12 de setembro, a Ponte Preta receberá o Vila Nova no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 0 x 0 PONTE PRETA

CRICIÚMA - Luiz; Maicon (Carlos Eduardo), Derlan, Sandro e Marlon; Liel, Wesley e Daniel Costa (Reis); Vinícius, Reinaldo (Caíque) e Léo Gamalho. Técnico: Waguinho Dias.

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Edson, Camilo, Tiago Real (Everton) e Rafael Longuine (Gerson Magrão); Dadá (Marcondele) e Roger. Técnico: Gilson Kleina.

ÁRBITRO - Lucas Paulo Torezin (PR).

CARTÕES AMARELOS - Léo Gamalho (Criciúma); Diego Renan e Camilo (Ponte Preta).

RENDA - R$ 46.000,00.

PÚBLICO - 2.583 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em jogo fraco, Criciúma e Ponte Preta empatam sem gols na Série B


03/09/2019 | 23:43


Apesar de brigarem em pontas opostas da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, Criciúma e Ponte Preta fizeram um jogo equilibrado no estádio Heriberto Hülse, na noite desta terça-feira, em Criciúma, pela 21ª rodada, e ficaram no empate sem gols.

Com o resultado, o Criciúma chegou a 23 pontos, na 15ª colocação, com apenas dois pontos a mais do que o Vila Nova, primeiro time dentro da zona do rebaixamento. A Ponte Preta, na sexta posição, com 31 pontos, perdeu a chance de entrar no G4, já que tem apenas um ponto a menos do que o quarto colocado Sport. No entanto, todos os times acima da Ponte ainda jogam no complemento da rodada.

A primeira etapa foi de poucas emoções. Os dois times entraram em campo com posturas defensivas e mais preocupados em não serem agredidos do que na busca pelo gol que abriria o placar.

Com muitos erros de passe e marcação dura dos dois times, abusando das faltas, o resultado até o intervalo não poderia ser diferente do 0 a 0. Os dois goleiros praticamente não trabalharam até o final do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo melhorou e o Criciúma pressionou, passando perto de abrir o placar com Vinícius, que aproveitou escanteio para desviar de cabeça e exigiu bela defesa de Ygor Vinhas.

A bola parada era a arma mais perigosa do time da casa que também assustou com Sandro, novamente aproveitando escanteio para exigir bela defesa do goleiro da Ponte.

Mesmo assim, o time da casa não conseguiu superar a defesa adversária. Fechada, a Ponte Preta se mostrou satisfeita com o resultado e se segurou como pôde até o apito final para garantir o empate fora de casa.

O Criciúma volta a campo na próxima terça-feira, quando enfrenta o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 22ª rodada da Série B. Na quinta-feira, dia 12 de setembro, a Ponte Preta receberá o Vila Nova no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 0 x 0 PONTE PRETA

CRICIÚMA - Luiz; Maicon (Carlos Eduardo), Derlan, Sandro e Marlon; Liel, Wesley e Daniel Costa (Reis); Vinícius, Reinaldo (Caíque) e Léo Gamalho. Técnico: Waguinho Dias.

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Edson, Camilo, Tiago Real (Everton) e Rafael Longuine (Gerson Magrão); Dadá (Marcondele) e Roger. Técnico: Gilson Kleina.

ÁRBITRO - Lucas Paulo Torezin (PR).

CARTÕES AMARELOS - Léo Gamalho (Criciúma); Diego Renan e Camilo (Ponte Preta).

RENDA - R$ 46.000,00.

PÚBLICO - 2.583 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;