Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Governo lança programa para incluir 60 mil pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

ograma "Meu Emprego - Trabalho Inclusivo" vai ofertar 17 mil vagas em cursos de qualificação profissional e promover a inclusão e permanência dessas pessoas trabalhando


Do Dgabc.com.br

02/09/2019 | 16:22


Nesta segunda-feira (2), o Governador João Doria (PSDB) e a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, lançaram o programa Meu Emprego - Trabalho Inclusivo, que tem como objetivo promover o desenvolvimento profissional, a inclusão e permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, além de oferecer cursos de qualificação técnica e empreendedora.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Centro Paula Souza, oferece 17 mil vagas em 61 modalidades de cursos de qualificação profissional gratuitos para a pessoa com deficiência em todo Estado, em 2019. O programa também prevê incluir 60 mil pessoas no mercado de trabalho até 2022.

“Com o trabalho mais integrado entre as secretarias, estamos criando uma forma efetiva de inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O nosso objetivo é que todos tenham oportunidades de emprego e qualificação”, afirmou a secretária Patricia Ellen.

Além de qualificação, a iniciativa possibilita mapeamento do perfil e habilidades funcionais, identificação de oportunidades de trabalho, compatibilização de vagas e laudo médico.

O programa também apoia os empregadores na busca ativa na captação de candidatos com deficiência, apoio na definição das vagas de trabalho, encaminhamento de candidatos, orientação para análise de funções, palestras de sensibilização e apoio (por meio da metodologia do emprego apoiado) ao processo de inclusão profissional.

“O Estado de São Paulo tem 9 milhões de pessoas com deficiência. Então é nossa obrigação estabelecer um programa vigoroso para ampliar a empregabilidade delas. Este é um programa inédito no Estado de São Paulo e o seu objetivo é, melhorando a qualificação, viabilizar uma empregabilidade de qualidade”, disse Doria.

Todos os serviços estão disponíveis nos Polos de Empregabilidade Inclusivos (PEI), para quem reside na Cidade e Região Metropolitana de São Paulo. Já os interessados que moram em outros municípios, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) oferece o atendimento. As informações também podem ser consultadas por meio do site www.trabalhoinclusivo.sp.gov.br. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo lança programa para incluir 60 mil pessoas com deficiência no mercado de trabalho

ograma "Meu Emprego - Trabalho Inclusivo" vai ofertar 17 mil vagas em cursos de qualificação profissional e promover a inclusão e permanência dessas pessoas trabalhando

Do Dgabc.com.br

02/09/2019 | 16:22


Nesta segunda-feira (2), o Governador João Doria (PSDB) e a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, lançaram o programa Meu Emprego - Trabalho Inclusivo, que tem como objetivo promover o desenvolvimento profissional, a inclusão e permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, além de oferecer cursos de qualificação técnica e empreendedora.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Centro Paula Souza, oferece 17 mil vagas em 61 modalidades de cursos de qualificação profissional gratuitos para a pessoa com deficiência em todo Estado, em 2019. O programa também prevê incluir 60 mil pessoas no mercado de trabalho até 2022.

“Com o trabalho mais integrado entre as secretarias, estamos criando uma forma efetiva de inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. O nosso objetivo é que todos tenham oportunidades de emprego e qualificação”, afirmou a secretária Patricia Ellen.

Além de qualificação, a iniciativa possibilita mapeamento do perfil e habilidades funcionais, identificação de oportunidades de trabalho, compatibilização de vagas e laudo médico.

O programa também apoia os empregadores na busca ativa na captação de candidatos com deficiência, apoio na definição das vagas de trabalho, encaminhamento de candidatos, orientação para análise de funções, palestras de sensibilização e apoio (por meio da metodologia do emprego apoiado) ao processo de inclusão profissional.

“O Estado de São Paulo tem 9 milhões de pessoas com deficiência. Então é nossa obrigação estabelecer um programa vigoroso para ampliar a empregabilidade delas. Este é um programa inédito no Estado de São Paulo e o seu objetivo é, melhorando a qualificação, viabilizar uma empregabilidade de qualidade”, disse Doria.

Todos os serviços estão disponíveis nos Polos de Empregabilidade Inclusivos (PEI), para quem reside na Cidade e Região Metropolitana de São Paulo. Já os interessados que moram em outros municípios, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) oferece o atendimento. As informações também podem ser consultadas por meio do site www.trabalhoinclusivo.sp.gov.br. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;