Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Venda de subsidiárias da Eletrobras não será separada, diz ministro

Marcello Casal JR/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


28/08/2019 | 11:43


O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta quarta-feira, 28, que as subsidiárias da Eletrobras não serão vendidas separadas, como defendem alguns agentes do setor elétrico, mas não soube precisar quando a venda será anunciada e nem quando a operação de capitalização será realizada.

"Vai passar pelo processo legislativo, não dá para saber o prazo da capitalização", afirmou em uma breve participação no Encontro Nacional do Setor Elétrico (Enase), no Rio de Janeiro.

De acordo com o ministro, o governo está demorando a anunciar a privatização da Eletrobras porque "está fazendo o melhor trabalho possível".

"Vamos ter uma corporação chamada Eletrobras, vamos vender tudo (subsidiárias) junto", disse enquanto saía do evento para ir a Niterói, participar de um evento da Marinha de passagem de Comando da Diretoria de Hidrografia e Navegação.

Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico brasileiro e anunciou que até o final desta semana lançará mais duas consultas públicas, sobre a garantia do suprimento e outra sobre lastro de energia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Venda de subsidiárias da Eletrobras não será separada, diz ministro


28/08/2019 | 11:43


O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta quarta-feira, 28, que as subsidiárias da Eletrobras não serão vendidas separadas, como defendem alguns agentes do setor elétrico, mas não soube precisar quando a venda será anunciada e nem quando a operação de capitalização será realizada.

"Vai passar pelo processo legislativo, não dá para saber o prazo da capitalização", afirmou em uma breve participação no Encontro Nacional do Setor Elétrico (Enase), no Rio de Janeiro.

De acordo com o ministro, o governo está demorando a anunciar a privatização da Eletrobras porque "está fazendo o melhor trabalho possível".

"Vamos ter uma corporação chamada Eletrobras, vamos vender tudo (subsidiárias) junto", disse enquanto saía do evento para ir a Niterói, participar de um evento da Marinha de passagem de Comando da Diretoria de Hidrografia e Navegação.

Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico brasileiro e anunciou que até o final desta semana lançará mais duas consultas públicas, sobre a garantia do suprimento e outra sobre lastro de energia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;