Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Respeito


Márcio Bernardes

26/08/2019 | 18:59


O STJD decidiu que vai punir os clubes em caso de homofobia dos torcedores. Aliás, a CBF foi multada pela Conmebol por gritos homofóbicos de torcedores durante a Copa América.

Neste fim de semana a torcida do Vasco da Gama ofendeu tanto os jogadores do São Paulo que o árbitro Anderson Daronco teve de parar o jogo para alertar o técnico Luxemburgo das regras estabelecidas. E que o time ficaria ameaçado de perder os pontos. O torcedor precisa entender que vivemos novos tempos. O mundo mudou e essa intolerância ficou insustentável.

Esse não é um ”privilégio” brasileiro. Na América Latina, especialmente no México, normalmente quando o goleiro adversário vai cobrar o tiro de meta a torcida faz cantos ofensivos a ele.Na Europa torcedores não dão folga para determinados jogadores, especialmente os negros.

A FIFA já tomou diversas medidas punitivas. Mas elas não estão surtindo efeito. A punição tem de ser exemplar. Mas educar o torcedor também é importante. Mensagens no placar eletrônico, através do locutor oficial, alertas para todos, são outras formas de tentar minimizar essa situação.

Idolatria rebelde
Felipe Melo acaba de ser punido pelo STJD. Terá de cumprir 4 jogos pela expulsão contra o Bahia. Ótimo jogador, com um passe qualificado, muita entrega nos jogos, Felipe é ídolo da torcida palmeirense. E os gestos rebeldes são aprovados pela galera.

O retrospecto de Felipe Melo nos 119 jogos disputados pelo Palmeiras aponta 4 vermelhos e 54 amarelos. No entanto ele sabe que tem o apoio irrestrito da comissão técnica e de grande parte dos torcedores. É um jogador polêmico.

16ª. rodada
Os flamenguistas estão exultantes com a liderança. Os santistas cabreiros com o inesperado empate em casa com o Fortaleza. Os são-paulinos bravos com Anderson Daroncopelo rigor na expulsão de Raniele os gremistas felizes com a vitória dos reservas sobre o Atlético-PR. No mais, uma rodada com resultados normais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Respeito

Márcio Bernardes

26/08/2019 | 18:59


O STJD decidiu que vai punir os clubes em caso de homofobia dos torcedores. Aliás, a CBF foi multada pela Conmebol por gritos homofóbicos de torcedores durante a Copa América.

Neste fim de semana a torcida do Vasco da Gama ofendeu tanto os jogadores do São Paulo que o árbitro Anderson Daronco teve de parar o jogo para alertar o técnico Luxemburgo das regras estabelecidas. E que o time ficaria ameaçado de perder os pontos. O torcedor precisa entender que vivemos novos tempos. O mundo mudou e essa intolerância ficou insustentável.

Esse não é um ”privilégio” brasileiro. Na América Latina, especialmente no México, normalmente quando o goleiro adversário vai cobrar o tiro de meta a torcida faz cantos ofensivos a ele.Na Europa torcedores não dão folga para determinados jogadores, especialmente os negros.

A FIFA já tomou diversas medidas punitivas. Mas elas não estão surtindo efeito. A punição tem de ser exemplar. Mas educar o torcedor também é importante. Mensagens no placar eletrônico, através do locutor oficial, alertas para todos, são outras formas de tentar minimizar essa situação.

Idolatria rebelde
Felipe Melo acaba de ser punido pelo STJD. Terá de cumprir 4 jogos pela expulsão contra o Bahia. Ótimo jogador, com um passe qualificado, muita entrega nos jogos, Felipe é ídolo da torcida palmeirense. E os gestos rebeldes são aprovados pela galera.

O retrospecto de Felipe Melo nos 119 jogos disputados pelo Palmeiras aponta 4 vermelhos e 54 amarelos. No entanto ele sabe que tem o apoio irrestrito da comissão técnica e de grande parte dos torcedores. É um jogador polêmico.

16ª. rodada
Os flamenguistas estão exultantes com a liderança. Os santistas cabreiros com o inesperado empate em casa com o Fortaleza. Os são-paulinos bravos com Anderson Daroncopelo rigor na expulsão de Raniele os gremistas felizes com a vitória dos reservas sobre o Atlético-PR. No mais, uma rodada com resultados normais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;