Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Festa Italiana encerra a 27ª edição com público de 70 mil pessoas

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Último dia do evento teve apresentação do cantor sertanejo Sérgio Reis


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

26/08/2019 | 07:00


 O cantor Sérgio Reis fechou a 27ª edição da Festa Italiana, em São Caetano, na noite de ontem. Cerca de 10 mil pessoas compareceram ao dia derradeiro do evento no bairro Fundação para prestigiar a apresentação do sertanejo e também degustar os tradicionais pratos da culinária italiana. Nos quatro fins de semana, aproximadamente 70 mil compareceram ao local.

Dono de clássicos como Menino da Porteira e Panela Velha, Sérgio Reis ficou encarregado do show de encerramento, Levou ao palco o cantor Fred Rovella e fez homenagem a Marciano, ícone da música caipira e que morreu em janeiro. “É uma honra porque eu sou italiano (descendente). Meu avô veio da Itália por volta de 1905, casou-se com 19 anos, eles vieram para cá e nunca mais voltaram.”

Ele também contou que o gosto pela música é de família. “Meu avô tocava sanfona, meu pai também e meus tios tocavam violino. Canto desde os 7 anos. Todo mundo cantava e eu tinha bom ouvido”, disse.

A farmacêutica Flauce Moretto, 38 anos, moradora do bairro Campestre, em Santo André, foi prestigiar a apresentação. “Já vim no domingo passado, mas voltei hoje (ontem) porque queria ver a apresentação do Sérgio Reis e também aproveitar para comer na barraca da fogaça.”

Mesmo quem foi pela primeira vez, como a esteticista Audria Almeida, 39, moradora do bairro Barcelona na cidade, se encantou com as atrações. “Já moro em São Caetano há dez anos, mas foi a primeira vez que vim na festa. É até uma vergonha, né? E eu me surpreendi, achei muito interessante e com o ambiente familiar. Com certeza vou voltar nos próximos anos.”

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) destacou que o evento é tradicional para a população da cidade, que tem uma grande colônia italiana, já que foi fundada por imigrantes do país europeu. “Inclusive, vamos discutir a possibilidade de ela (festa) se tornar patrimônio imaterial.”

“É uma festa que a cada ano se supera. A perspectiva para o ano que vem, se conseguirmos entregar o parque (que será em parte do terreno onde funcionavam as Indústrias Matarazzo), é ter uma festa ainda maior, mais aconchegante e acalorada. O evento é um sucesso de público, gastronômico e como planejávamos. Uma festa de família muito agradável”, definiu o tucano.

Vinte e seis entidades assistenciais fizeram parte do evento, atuando na praça de alimentação com a venda dos quitutes. O faturamento, que é todo direcionado para as instituições, deve ultrapassar a marca de R$ 3 milhões, segundo a administração.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Festa Italiana encerra a 27ª edição com público de 70 mil pessoas

Último dia do evento teve apresentação do cantor sertanejo Sérgio Reis

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

26/08/2019 | 07:00


 O cantor Sérgio Reis fechou a 27ª edição da Festa Italiana, em São Caetano, na noite de ontem. Cerca de 10 mil pessoas compareceram ao dia derradeiro do evento no bairro Fundação para prestigiar a apresentação do sertanejo e também degustar os tradicionais pratos da culinária italiana. Nos quatro fins de semana, aproximadamente 70 mil compareceram ao local.

Dono de clássicos como Menino da Porteira e Panela Velha, Sérgio Reis ficou encarregado do show de encerramento, Levou ao palco o cantor Fred Rovella e fez homenagem a Marciano, ícone da música caipira e que morreu em janeiro. “É uma honra porque eu sou italiano (descendente). Meu avô veio da Itália por volta de 1905, casou-se com 19 anos, eles vieram para cá e nunca mais voltaram.”

Ele também contou que o gosto pela música é de família. “Meu avô tocava sanfona, meu pai também e meus tios tocavam violino. Canto desde os 7 anos. Todo mundo cantava e eu tinha bom ouvido”, disse.

A farmacêutica Flauce Moretto, 38 anos, moradora do bairro Campestre, em Santo André, foi prestigiar a apresentação. “Já vim no domingo passado, mas voltei hoje (ontem) porque queria ver a apresentação do Sérgio Reis e também aproveitar para comer na barraca da fogaça.”

Mesmo quem foi pela primeira vez, como a esteticista Audria Almeida, 39, moradora do bairro Barcelona na cidade, se encantou com as atrações. “Já moro em São Caetano há dez anos, mas foi a primeira vez que vim na festa. É até uma vergonha, né? E eu me surpreendi, achei muito interessante e com o ambiente familiar. Com certeza vou voltar nos próximos anos.”

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) destacou que o evento é tradicional para a população da cidade, que tem uma grande colônia italiana, já que foi fundada por imigrantes do país europeu. “Inclusive, vamos discutir a possibilidade de ela (festa) se tornar patrimônio imaterial.”

“É uma festa que a cada ano se supera. A perspectiva para o ano que vem, se conseguirmos entregar o parque (que será em parte do terreno onde funcionavam as Indústrias Matarazzo), é ter uma festa ainda maior, mais aconchegante e acalorada. O evento é um sucesso de público, gastronômico e como planejávamos. Uma festa de família muito agradável”, definiu o tucano.

Vinte e seis entidades assistenciais fizeram parte do evento, atuando na praça de alimentação com a venda dos quitutes. O faturamento, que é todo direcionado para as instituições, deve ultrapassar a marca de R$ 3 milhões, segundo a administração.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;