Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

McDia Feliz tem meta de arrecadar R$ 900 mil nos restaurantes da região

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Valor é usado na acolhida de pacientes durante tratamento contra o câncer


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

24/08/2019 | 07:00


 Esperança é a palavra mais dita na Casa Ronald McDonald, em Santo André, principalmente quando o McDia Feliz, celebrado hoje, se aproxima. O motivo é simples. O espaço, que acolhe crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer, sobrevive graças à verba arrecadada na campanha anual com a venda do sanduíche Big Mac. Em 2018, a iniciativa angariou R$ 700 mil e, para este ano, a expectativa é receber R$ 900 mil.

De acordo com o presidente da Casa Ronald, Nelson Tadeu, dos cerca de R$ 700 mil arrecadados em 2018, parte foi destinada ao Instituto Ayrton Senna e ao Fundo Nacional de projetos ao Câncer Infantil. Para a unidade de apoio às famílias andreense foram encaminhados R$ 400 mil. “Um bom exemplo do retorno da campanha é a recém-inaugurada ala de quimioterapia oncopediátrica no Hospital Estadual Mário Covas para crianças e adolescentes”, lembra.

Uma das famílias atendidas é a da dona de casa Maria de Nazaré, 36 anos, que chegou à região em 2017 vinda de Macapá. O objetivo é o tratamento do filho Marcos Vinícius, 7, diagnosticado com leucemia. “Os dormitórios, as refeições e o sistema que eles têm para facilitar a ida até os hospitais é fundamental. Nos sentimos bem aqui”, pontua sobre a Casa Ronald.

A também dona de casa Isvilany Maria, 24, acompanha a filha Izabelly, 5, no tratamento contra neuroblastoma – câncer geralmente encontrado nas pequenas glândulas que ficam em cima dos rins – e estão há três meses hospedadas no local. “Ficamos aqui durante a semana, já que de segunda a sexta-feira ela faz radioterapia. Aos fins de semana vamos para casa da minha mãe (em Diadema). A Izabelly sempre fala que temos duas casas”, comenta.

COMO FUNCIONA

A entidade é beneficiada com a venda do lanche Big Mac (individual ou na promoção) adquirido em um dos 33 restaurantes McDonalds do Grande ABC e outros 20 de São Paulo – próximos à região. Os tíquetes antecipados do Big Mac podem ser adquiridos pelo telefone 4433-4490, na própria Casa Ronald McDonald ABC (Avenida Príncipe de Gales, 821, Santo André) ou pelo e-mail: relacionamento@casaronald-abc.org.br. O valor do tíquete é R$ 17. Outra forma de ajudar com a campanha é adquirir camisetas, guarda-chuva ou marca-texto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

McDia Feliz tem meta de arrecadar R$ 900 mil nos restaurantes da região

Valor é usado na acolhida de pacientes durante tratamento contra o câncer

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

24/08/2019 | 07:00


 Esperança é a palavra mais dita na Casa Ronald McDonald, em Santo André, principalmente quando o McDia Feliz, celebrado hoje, se aproxima. O motivo é simples. O espaço, que acolhe crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer, sobrevive graças à verba arrecadada na campanha anual com a venda do sanduíche Big Mac. Em 2018, a iniciativa angariou R$ 700 mil e, para este ano, a expectativa é receber R$ 900 mil.

De acordo com o presidente da Casa Ronald, Nelson Tadeu, dos cerca de R$ 700 mil arrecadados em 2018, parte foi destinada ao Instituto Ayrton Senna e ao Fundo Nacional de projetos ao Câncer Infantil. Para a unidade de apoio às famílias andreense foram encaminhados R$ 400 mil. “Um bom exemplo do retorno da campanha é a recém-inaugurada ala de quimioterapia oncopediátrica no Hospital Estadual Mário Covas para crianças e adolescentes”, lembra.

Uma das famílias atendidas é a da dona de casa Maria de Nazaré, 36 anos, que chegou à região em 2017 vinda de Macapá. O objetivo é o tratamento do filho Marcos Vinícius, 7, diagnosticado com leucemia. “Os dormitórios, as refeições e o sistema que eles têm para facilitar a ida até os hospitais é fundamental. Nos sentimos bem aqui”, pontua sobre a Casa Ronald.

A também dona de casa Isvilany Maria, 24, acompanha a filha Izabelly, 5, no tratamento contra neuroblastoma – câncer geralmente encontrado nas pequenas glândulas que ficam em cima dos rins – e estão há três meses hospedadas no local. “Ficamos aqui durante a semana, já que de segunda a sexta-feira ela faz radioterapia. Aos fins de semana vamos para casa da minha mãe (em Diadema). A Izabelly sempre fala que temos duas casas”, comenta.

COMO FUNCIONA

A entidade é beneficiada com a venda do lanche Big Mac (individual ou na promoção) adquirido em um dos 33 restaurantes McDonalds do Grande ABC e outros 20 de São Paulo – próximos à região. Os tíquetes antecipados do Big Mac podem ser adquiridos pelo telefone 4433-4490, na própria Casa Ronald McDonald ABC (Avenida Príncipe de Gales, 821, Santo André) ou pelo e-mail: relacionamento@casaronald-abc.org.br. O valor do tíquete é R$ 17. Outra forma de ajudar com a campanha é adquirir camisetas, guarda-chuva ou marca-texto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;