Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bolsonaro: incêndios na Amazônia não podem ser pretexto para sanção internacional

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ele disse ainda estar ciente das queimadas e que governo não está satisfeito com o que está assistindo



23/08/2019 | 21:15


O presidente Jair Bolsonaro disse na noite desta sexta-feira, 23, em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, que os incêndios florestais na Amazônia não podem ser pretexto para que nações estrangeiras lancem sanções contra o Brasil.

"Incêndios florestais existem em todo o mundo. E isso não pode ser pretexto para sanções internacionais. O Brasil continuará sendo amigo de todos, e responsável pela proteção da sua floresta amazônica", afirmou.

O presidente afirmou que o governo dele segue "aberto ao diálogo, com base no respeito, na verdade e cientes da nossa soberania" e reconheceu que a "nossa Amazônia" tem atraído crescente atenção do Brasil e do mundo.

Bolsonaro disse ainda estar "ciente" das queimadas e que o governo não está "satisfeito" com o que está assistindo, e que por isso vai atuar "fortemente". "Tenho profundo amor e respeito pela Amazônia. A proteção da floresta é nosso dever", afirmou.

De acordo com ele, o governo vai combater o desmatamento. "Este é um governo de tolerância zero com criminalidade. E nesta área não será diferente", disse, emendando: "para proteger a Amazônia, não bastam operações de fiscalização, comando e controle".

O presidente ressaltou alguns pontos do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinado por ele no fim da tarde. Ele disse que o governo vai oferecer ajuda a todos os Estados da Amazônia Legal.

Bolsonaro disse ainda que o Brasil tem uma matriz energética limpa, renovável e, com ela, dá importante contribuição ao planeta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro: incêndios na Amazônia não podem ser pretexto para sanção internacional

Ele disse ainda estar ciente das queimadas e que governo não está satisfeito com o que está assistindo


23/08/2019 | 21:15


O presidente Jair Bolsonaro disse na noite desta sexta-feira, 23, em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, que os incêndios florestais na Amazônia não podem ser pretexto para que nações estrangeiras lancem sanções contra o Brasil.

"Incêndios florestais existem em todo o mundo. E isso não pode ser pretexto para sanções internacionais. O Brasil continuará sendo amigo de todos, e responsável pela proteção da sua floresta amazônica", afirmou.

O presidente afirmou que o governo dele segue "aberto ao diálogo, com base no respeito, na verdade e cientes da nossa soberania" e reconheceu que a "nossa Amazônia" tem atraído crescente atenção do Brasil e do mundo.

Bolsonaro disse ainda estar "ciente" das queimadas e que o governo não está "satisfeito" com o que está assistindo, e que por isso vai atuar "fortemente". "Tenho profundo amor e respeito pela Amazônia. A proteção da floresta é nosso dever", afirmou.

De acordo com ele, o governo vai combater o desmatamento. "Este é um governo de tolerância zero com criminalidade. E nesta área não será diferente", disse, emendando: "para proteger a Amazônia, não bastam operações de fiscalização, comando e controle".

O presidente ressaltou alguns pontos do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinado por ele no fim da tarde. Ele disse que o governo vai oferecer ajuda a todos os Estados da Amazônia Legal.

Bolsonaro disse ainda que o Brasil tem uma matriz energética limpa, renovável e, com ela, dá importante contribuição ao planeta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;