Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Susep autoriza utilização de peças usadas e genéricas em seguro de automóvel



23/08/2019 | 16:28


A Superintendência de Seguros Privados (Susep) autorizou seguradoras a utilizarem peças genéricas e usadas no conserto de veículos segurados, conforme carta publicada na quinta-feira, 22, pela autarquia. Antes, eram permitidas apenas peças novas e originais.

A mudança visa a ampliar a concorrência no segmento, conforme o regulador, e equipara as apólices tradicionais de automóveis aos produtos populares, que já contavam com essa autorização.

Além disso, a medida atende a um pleito antigo do mercado de seguros e tem potencial para reduzir o preço do seguro de automóvel no Brasil.

Vale lembrar, contudo, que a utilização de peças genéricas e usadas vale apenas para sinistros parciais e que não envolvam itens de segurança. Ou seja, o custo das seguradoras com danos totais não deve ser influenciado, jogando contra a uma possível diminuição no preço das apólices.

Em carta ao mercado, a Susep chama atenção ainda para que as seguradoras especifiquem sempre o tipo de peça a ser utilizada nos reparos relacionados aos sinistros de danos parciais dos seguros de automóveis. Menciona ainda o artigo 21 do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078/90) estabelece que o consumidor pode autorizar a utilização de peças que mantenham as especificações técnicas do fabricante.

"Em todos os casos a informação deve estar clara para o consumidor na proposta de seguro e nas condições contratuais. Deve ficar claro em quais componentes poderão ser utilizados os diferentes tipos de peças" evidencia a Susep.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Susep autoriza utilização de peças usadas e genéricas em seguro de automóvel


23/08/2019 | 16:28


A Superintendência de Seguros Privados (Susep) autorizou seguradoras a utilizarem peças genéricas e usadas no conserto de veículos segurados, conforme carta publicada na quinta-feira, 22, pela autarquia. Antes, eram permitidas apenas peças novas e originais.

A mudança visa a ampliar a concorrência no segmento, conforme o regulador, e equipara as apólices tradicionais de automóveis aos produtos populares, que já contavam com essa autorização.

Além disso, a medida atende a um pleito antigo do mercado de seguros e tem potencial para reduzir o preço do seguro de automóvel no Brasil.

Vale lembrar, contudo, que a utilização de peças genéricas e usadas vale apenas para sinistros parciais e que não envolvam itens de segurança. Ou seja, o custo das seguradoras com danos totais não deve ser influenciado, jogando contra a uma possível diminuição no preço das apólices.

Em carta ao mercado, a Susep chama atenção ainda para que as seguradoras especifiquem sempre o tipo de peça a ser utilizada nos reparos relacionados aos sinistros de danos parciais dos seguros de automóveis. Menciona ainda o artigo 21 do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078/90) estabelece que o consumidor pode autorizar a utilização de peças que mantenham as especificações técnicas do fabricante.

"Em todos os casos a informação deve estar clara para o consumidor na proposta de seguro e nas condições contratuais. Deve ficar claro em quais componentes poderão ser utilizados os diferentes tipos de peças" evidencia a Susep.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;