Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Áreas de descarte irregular de lixo têm queda de 18% em 2 anos

Autarquia considera que o cenário é fruto de trabalho de monitoramento e revitalizações


Da Redação

23/08/2019 | 07:00


 O número de pontos irregulares de descarte de resíduos em Santo André sofreu queda de 18% nos últimos dois anos, conforme o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). Em 2017, a cidade contabilizava 68 áreas, contra 56 hoje. A autarquia considera que o cenário é fruto de trabalho de monitoramento e revitalizações.

Uma das estratégias do Semasa tem sido o combate aos pontos que ficam nas divisas de Santo André com a Zona Leste da Capital, principalmente nos pontilhões que cruzam o Córrego Oratório. Outro diferencial foi a implantação do programa Moeda Verde, que propõe a troca de itens recicláveis por hortifrúti. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Áreas de descarte irregular de lixo têm queda de 18% em 2 anos

Autarquia considera que o cenário é fruto de trabalho de monitoramento e revitalizações

Da Redação

23/08/2019 | 07:00


 O número de pontos irregulares de descarte de resíduos em Santo André sofreu queda de 18% nos últimos dois anos, conforme o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). Em 2017, a cidade contabilizava 68 áreas, contra 56 hoje. A autarquia considera que o cenário é fruto de trabalho de monitoramento e revitalizações.

Uma das estratégias do Semasa tem sido o combate aos pontos que ficam nas divisas de Santo André com a Zona Leste da Capital, principalmente nos pontilhões que cruzam o Córrego Oratório. Outro diferencial foi a implantação do programa Moeda Verde, que propõe a troca de itens recicláveis por hortifrúti. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;