Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Remoção de árvores em São Bernardo gera críticas

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pelo menos quatro exemplares foram cortados na Avenida Kennedy em obra de revitalização


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

23/08/2019 | 07:00


A população de São Bernardo critica o corte de árvores na Praça Ibrahim de Almeida Nobre, no Jardim do Mar. O local integra obra de revitalização e integração de pista de corrida e caminhada entre o Parque Raphael Lazzuri e a Avenida Barão de Mauá, realizada pela Prefeitura.

Segundo relatos de moradores do entorno, a retirada das plantas está sendo realizada há, pelo menos, dois dias. “É um absurdo, porque estão derrubando árvores que levaram mais de 50 anos para crescer. Estão arrancando sem necessidade”, considera José Carlos Coutinho, 78 anos, que vive no Jardim Maria Adelaide. 

A equipe do Diário esteve ontem à tarde no local e encontrou troncos pelo gramado, além de contabilizar pelo menos quatro árvores cortadas. No entanto, Coutinho afirmou que, pela manhã, caminhões da Prefeitura já haviam retirado dezenas de toras. “Ainda me falaram que vão cortar mais algumas. É um absurdo”, criticou.

A população questiona se o ato não configura crime ambiental, uma vez que, aparentemente, as árvores não atrapalhariam a construção do trecho pavimentado e não estavam doentes. Entretanto, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, a administração chefiada por Orlando Morando (PSDB) informou que a retirada dos vegetais está prevista no projeto de construção do espaço, aprovado e autorizado pela Secretaria do Meio Ambiente do município. A Prefeitura promete, como compensação ambiental, o plantio de 135 árvores. A nota não especificou quantas plantas serão retiradas nem o prazo de reposição.

A intervenção em questão é para a criação do Parque Linear, que irá integrar a Avenida Kennedy, Praça Ibrahim de Almeida Nobre e a Avenida Barão de Mauá, na região dos bairros Caminho do Mar e Chácara Inglesa. A ação inclui reformas dos canteiros, ciclofaixas e iluminação, além do alargamento de todo o viário, totalizando 2,2 quilômetros de extensão. Com aporte de R$ 3 milhões, o projeto é realizado em parceria com o Golden Square Shopping, responsável por 80% do valor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Remoção de árvores em São Bernardo gera críticas

Pelo menos quatro exemplares foram cortados na Avenida Kennedy em obra de revitalização

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

23/08/2019 | 07:00


A população de São Bernardo critica o corte de árvores na Praça Ibrahim de Almeida Nobre, no Jardim do Mar. O local integra obra de revitalização e integração de pista de corrida e caminhada entre o Parque Raphael Lazzuri e a Avenida Barão de Mauá, realizada pela Prefeitura.

Segundo relatos de moradores do entorno, a retirada das plantas está sendo realizada há, pelo menos, dois dias. “É um absurdo, porque estão derrubando árvores que levaram mais de 50 anos para crescer. Estão arrancando sem necessidade”, considera José Carlos Coutinho, 78 anos, que vive no Jardim Maria Adelaide. 

A equipe do Diário esteve ontem à tarde no local e encontrou troncos pelo gramado, além de contabilizar pelo menos quatro árvores cortadas. No entanto, Coutinho afirmou que, pela manhã, caminhões da Prefeitura já haviam retirado dezenas de toras. “Ainda me falaram que vão cortar mais algumas. É um absurdo”, criticou.

A população questiona se o ato não configura crime ambiental, uma vez que, aparentemente, as árvores não atrapalhariam a construção do trecho pavimentado e não estavam doentes. Entretanto, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, a administração chefiada por Orlando Morando (PSDB) informou que a retirada dos vegetais está prevista no projeto de construção do espaço, aprovado e autorizado pela Secretaria do Meio Ambiente do município. A Prefeitura promete, como compensação ambiental, o plantio de 135 árvores. A nota não especificou quantas plantas serão retiradas nem o prazo de reposição.

A intervenção em questão é para a criação do Parque Linear, que irá integrar a Avenida Kennedy, Praça Ibrahim de Almeida Nobre e a Avenida Barão de Mauá, na região dos bairros Caminho do Mar e Chácara Inglesa. A ação inclui reformas dos canteiros, ciclofaixas e iluminação, além do alargamento de todo o viário, totalizando 2,2 quilômetros de extensão. Com aporte de R$ 3 milhões, o projeto é realizado em parceria com o Golden Square Shopping, responsável por 80% do valor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;