Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Indicação de Eduardo atrapalha Previdência e cria má vontade, diz Jereissati

Wilson Dias/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


22/08/2019 | 14:07


O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), avalia que a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada brasileira em Washington poderá atrapalhar o andamento da reforma na Casa. A indicação ainda não foi oficializada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pai do deputado.

Enquanto isso, o Senado discute a reforma da Previdência, cujo calendário de tramitação prevê conclusão da votação no dia 10 de outubro.

"Desidratar, não sei, mas atrapalha, sim. Provavelmente, vai criar má vontade onde não existe", disse o relator ao sair de uma audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Jeressati pretende apresentar um relatório preliminar sobre a proposta nesta sexta-feira, 23. A ideia é avalizar o texto da Câmara e propor alterações, como a inclusão de Estados e municípios na reforma, por meio de um texto paralelo.

Para o tucano, a indicação de Eduardo é polêmica e pode contaminar a discussão sobre o sistema de aposentadorias no País. "Vai começar uma discussão aqui que pode radicalizar posições e, essas posições se radicalizando, pode contaminar a outra discussão."

Eduardo

Mais cedo, o deputado Eduardo Bolsonaro tentou afastar o impacto de sua indicação na reforma da Previdência. "Não. Não tem nada a ver", disse o deputado. "Os senadores vão fazer juízo se eu sou merecedor ou não e ponto final. Outra questão é tributária, reforma da Previdência, armas. Enfim, acho que não tem comunicação de uma coisa com a outra, não", declarou o deputado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Indicação de Eduardo atrapalha Previdência e cria má vontade, diz Jereissati


22/08/2019 | 14:07


O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), avalia que a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada brasileira em Washington poderá atrapalhar o andamento da reforma na Casa. A indicação ainda não foi oficializada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pai do deputado.

Enquanto isso, o Senado discute a reforma da Previdência, cujo calendário de tramitação prevê conclusão da votação no dia 10 de outubro.

"Desidratar, não sei, mas atrapalha, sim. Provavelmente, vai criar má vontade onde não existe", disse o relator ao sair de uma audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Jeressati pretende apresentar um relatório preliminar sobre a proposta nesta sexta-feira, 23. A ideia é avalizar o texto da Câmara e propor alterações, como a inclusão de Estados e municípios na reforma, por meio de um texto paralelo.

Para o tucano, a indicação de Eduardo é polêmica e pode contaminar a discussão sobre o sistema de aposentadorias no País. "Vai começar uma discussão aqui que pode radicalizar posições e, essas posições se radicalizando, pode contaminar a outra discussão."

Eduardo

Mais cedo, o deputado Eduardo Bolsonaro tentou afastar o impacto de sua indicação na reforma da Previdência. "Não. Não tem nada a ver", disse o deputado. "Os senadores vão fazer juízo se eu sou merecedor ou não e ponto final. Outra questão é tributária, reforma da Previdência, armas. Enfim, acho que não tem comunicação de uma coisa com a outra, não", declarou o deputado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;