Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bruna Marquezine defende cenas de nudez em novo filme

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/08/2019 | 15:11


Bruna Marquezine compareceu ao 47º Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, na última segunda-feira, dia 19, e por um motivo muito especial. A atriz é a estrela do longa Vou Nadar Até Você, filme em que interpreta Ophelia, uma jovem fotógrafa que decide nadar de Santos s Ubatuba - ambos no litoral de São Paulo - após descobrir que seu pai, um alemão que a abandonou antes de seu nascimento, está de volta ao Brasil.

Em sua primeira exibição, o longa chamou a atenção por algumas cenas polêmicas, em que Bruna aparece nua e fumando maconha. A atriz fez questão de defender as cenas e contar que não sentiu incômodo ao gravá-las, de acordo com informações do jornal O Dia.

- Das cenas de nudez ou com maconha, nada é de graça. Tudo faz parte de uma história, minha preocupação desde o início era apenas contar esta história e fazer arte. Tudo era um ambiente de muita parceria e liberdade, onde podia contribuir à obra. Acredito que tudo isso não é maior que a história contada, porque sabíamos que visualmente havia um objetivo maior.

Apesar disso, durante a coletiva de imprensa que ocorreu após a exibição do filme, o diretor do longa, Klaus Mitteldorf, foi questionado sobre o cenário das cenas de nudez de Bruna, que teriam fetichizado e objetificado a atriz. Ele explicou que todas as cenas eram naturais e inspiradas em trabalhos que ele realizou como fotógrafo nos anos 1990.

- Sempre trabalhei com a plasticidade dos corpos, inclusive de mulheres, e isso ficou bem representado pela Bruna.

Ainda durante a coletiva, Bruna falou sobre a vontade que tinha de fazer cinema, e o quanto cresceu ao interpretar Ophelia.

- Sempre tive necessidade artística de fazer cinema, mas sempre emendei trabalhos na TV, não tinha tempo para me dedicar a um projeto com o qual me identificasse. Eu me encantei com a Ophelia. Não acho que escolhi fazer ela. Ela que me escolheu.

Quem está ansioso para assistir Vou Nadar Até Você? O filme ainda não tem data prevista para estrear no circuito comercial de cinemas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bruna Marquezine defende cenas de nudez em novo filme


21/08/2019 | 15:11


Bruna Marquezine compareceu ao 47º Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, na última segunda-feira, dia 19, e por um motivo muito especial. A atriz é a estrela do longa Vou Nadar Até Você, filme em que interpreta Ophelia, uma jovem fotógrafa que decide nadar de Santos s Ubatuba - ambos no litoral de São Paulo - após descobrir que seu pai, um alemão que a abandonou antes de seu nascimento, está de volta ao Brasil.

Em sua primeira exibição, o longa chamou a atenção por algumas cenas polêmicas, em que Bruna aparece nua e fumando maconha. A atriz fez questão de defender as cenas e contar que não sentiu incômodo ao gravá-las, de acordo com informações do jornal O Dia.

- Das cenas de nudez ou com maconha, nada é de graça. Tudo faz parte de uma história, minha preocupação desde o início era apenas contar esta história e fazer arte. Tudo era um ambiente de muita parceria e liberdade, onde podia contribuir à obra. Acredito que tudo isso não é maior que a história contada, porque sabíamos que visualmente havia um objetivo maior.

Apesar disso, durante a coletiva de imprensa que ocorreu após a exibição do filme, o diretor do longa, Klaus Mitteldorf, foi questionado sobre o cenário das cenas de nudez de Bruna, que teriam fetichizado e objetificado a atriz. Ele explicou que todas as cenas eram naturais e inspiradas em trabalhos que ele realizou como fotógrafo nos anos 1990.

- Sempre trabalhei com a plasticidade dos corpos, inclusive de mulheres, e isso ficou bem representado pela Bruna.

Ainda durante a coletiva, Bruna falou sobre a vontade que tinha de fazer cinema, e o quanto cresceu ao interpretar Ophelia.

- Sempre tive necessidade artística de fazer cinema, mas sempre emendei trabalhos na TV, não tinha tempo para me dedicar a um projeto com o qual me identificasse. Eu me encantei com a Ophelia. Não acho que escolhi fazer ela. Ela que me escolheu.

Quem está ansioso para assistir Vou Nadar Até Você? O filme ainda não tem data prevista para estrear no circuito comercial de cinemas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;