Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Segundo maníaco é invenção, supeita polícia


Luciana Sereno
Do Diário do Grande ABC

24/06/2005 | 08:19


Os policiais que investigam os casos de tentativa de estupro no Parque Novo Oratório, em Santo André, suspeitam que o segundo suposto maníaco não existe. Um homem pardo de cerca de 2 m e que usa brinco de argola foi descrito por três mulheres que teriam sido atacadas, mas até agora, nenhuma oficializou a denúncia.

As mulheres procuraram o 5º Distrito Policial da cidade depois da prisão de Roberto Nunes Pressoto, 25 anos, no último dia 15, para fazer o reconhecimento, mas quando souberam que Pressoto tem 1,65 m, afirmaram não se tratar do mesmo homem. Pressoto foi apontado por quatro vítimas como sendo o homem que as agrediu. Uma delas chegou a sofrer abuso sexual e teve o rosto desfigurado. O suspeito teria arrancado pedaços a dentadas.

Os investigadores suspeitam que o segundo maníaco foi “criado” por essas mulheres. “Se aproveitaram da série de casos para aparecer na mídia ou ganhar álibes pessoais”, disse um policial. A suspeita é porque nenhuma das três mulheres atendeu aos pedidos da investigação e compareceu ao distrito policial para oficializar a denúncia e fornecer detalhes da descrição do segundo suposto agressor. “Chegamos a marcar com uma delas para a última terça-feira, mas ela não compareceu. Acho que inventou o caso para ganhar algum tipo de argumento em benefício próprio”, afirmou o policial.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;